Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 9, 2018

Força ou sabedoria...pois é...

Tente ver do alto. Não se nivele por baixo.  A vida mostra muito mais do que imagina como sinal. figura reproduzida
Sim, a força é importante, mas asabedoria é mais. Viver no arco e na flecha é ser limitado demais. Você tem que desenvolver habilidades e dá trabalho, claro, quem quer mexer no que estiver quieto, não é mesmo?
Bom seria se estivesse tudo em seus devidos lugares, mas você sabe que o vento passa e mexe na areia, na água, nas flores, nas folhas, em tudo, e não pede licença.
Somos pessoas muitas vezes desagradáveis a nós mesmas. Não nos olhamos no espelho para dizer não ao que estiver incomodando, sequer para agradecer os olhos que possuímos. A visão. 

Queremos tudo como se o mundo fosse acabar e o que temos como missão é vivê-lo e não superá-lo a cada instante como se o próximo dia fosse ser o final.
Ter força é muito bom, saúde nem se fala. No entanto, saber viver é algo que nos dá prêmios, medalhas, timbre de qualidade para seguir em frente. Empacados são os ogros emocionais e q…

Um recadinho...

Dá um jeitinho de sair desse buraco e respirar um pouco que seja para começar de novo.
Difícil?
Nunca foi fácil vencer, muito pelo contrário, entregar as armas e deixar-se levar pelo perigo foi sempre mais fácil.
Desafie seus medos.
Crie estratégias, mas não se deixe levar pelas fantasias e sim pela realidade que tem nas mãos e por um coração valente o suficiente para dizer sim ao que deve fazer parte de sua vida e não, ao que precisa ser deixado para trás.
Beijos
Beth Valentim

Um dia de fé...

Hoje bem cedo estava muito frio. Mesmo assim, fui de bicicleta ao meu lugar preferido para pensar. Pensar no que foi construído e no que ainda virá e está por chegar. 

Superação.
Saudade.
Vazio.
Coração ferido.
Momentos lindos e outros tão difíceis.

Pois é, me vi envolta por um frio cortante. Meu rosto estava gelado e meus olhos pregados no mar que batia com força nas pedras. Tentei dizer para mim mesma que está tudo bem. Que a dor vai passar. Que a vida corre e que temos que viver e será com garra, porque senão, seremos engolidos. 

Medo.
Tristeza.
Barulho na alma...Era como se o vento tivesse entrado em mim e me feito de sua casa. Casa que o guarda, porque até ele não sabe mais por onde correr. E quem sabe? Como será o futuro tão complexo que está por vir...Ontem escutei na TV que os furacões estão ficando cada vez mais fortes. Sim, tudo mesmo está mais forte, perigoso, fatal.  Morre-se muito e por nada. Perde-se demais porque as oportunidades estão cada vez mais escassas. Enfim, o amor també…