Pular para o conteúdo principal

Estamos todos com medo de amar...

O Post de hoje é o artigo que escrevi para a Revista Bem-Estar do Jornal Diário da Região, São Paulo.
Como colunista nessa Revista
Texto copiado para melhor visualização:


Estamos todos com medo de amar
Tempo da discórdia, das decepções, das coisas fora do lugar e depois, o que fazer para encontrar os espaços como eram antes, todos eles. Pois é, pisamos em “ovos”, vivemos com as notícias crepitando a alma e como amar se a vida nos impõe tantas dificuldades. Será?
A arte de viver é um aprendizado. São inúmeros pincéis, cores, matizes...Belas paisagens e outras que dão medo. Pessoas que fogem das sensibilidades e entregam-se a desgostos e melancólicos perdem-se em bebida e outras drogas. Pesadas ou não elas distorcem o mundo pessoal, causa falhas absolutas e que rasgam a alma, desfolham  o espírito e o próximo passo é quase um abismo.
Estamos todos com medo de amar porque é difícil entender o outro. Aproximar-se para abraçar sem ter que cobrar coisa alguma. Doar gentileza, cuidados, atenção. Porém, é mais fácil deixar de lado, nada de trocas, porque se não, pronto, lá vem a pessoa dando ” bom dia”, como se isso fosse algo ruim de receber.
O medo de amar nos impõe a solidão. Nos leva ao caos. Nos deixa sozinhos perante  muitas possibilidades. Como fazer em um mundo hipócrita onde todos preferem passar a perna nas verdades e optam pelas mentiras.
Tomara que não nos entreguemos as tais discórdias e decepções. Que possamos reconstruir  as prateleiras da alma e com ela a postos enfrentar o exército que deseja nos despejar goela abaixo que o melhor é permanecer no medo e não ser feliz.
As alegrias somadas nos dão forças. A fé nos restaura. A bondade nos perdoa. A vida é como a soma de acertos e desacertos, mas,  por favor, que possamos escolher aprender, tirar proveito dos melhore sinais e cicatrizar as feridas, porque delas só entendemos a sabedoria de tê-las suportado, nada mais importa.
Medo de amar, por que se nascemos do amor.
Medo de ter medo, por que se somos humanos.
... E que a valentia nos proporcione dias melhores e nos faça entender que amar é a melhor coisa do mundo. Passos firmes, porque o amor sempre vence, é só acreditar na flecha que atiramos em direção ao bem, com certeza ela irá encontrar o melhor alvo. Como não encontraria se é amor.


Beijos
Beth Valentim
figura reproduzida

Comentários

Postagens mais visitadas

Quando amamos a vida...

Quando somos fortes fazemos diferente. Quando amamos a vida, reviramos tudo, encontramos o início da história e a refazemos. Quando queremos ser felizes fincamos os pés no chão e ninguém nos derruba. 
Sabe? Deus nos dá uma segunda chance e quem souber aproveitar vai conseguir fazer de novo e melhor, com mais esperança e realizações.
Beijos
Beth Valentim

A mulher inesquecivel para um homem...

...A mulher que é muito mais que um "corpo"...Sim, ELA sabe conquistar...
figuras reproduzidas
                                           “Você me faz querer ser um homem melhor”
filme : Melhor Impossível

Já disse por aqui que existe diferença entre mulher "gostosa" e a que possui "gostosura"...A que não tem o corpo recortado, a bunda empinada e seios fartos, mas a que quando atravessa os caminhos faz tremer a terra, o vento sopra diferente e o céu se abre para sorrir...Essa mulher, a que não se sabe a razão mas deixa um homem hipnotizado, é a que embala os sonhos masculinos...Édoce o suficiente para não melar e forte até que uma lágrima role em sua face...

Existem mulheres que inspiram os homens, claro que algumas deixam-os com medo, eles se afastam porque não sabem conviver com tamanho poder...As poderosas que mais parecem guerreiras sem alma, mas por aqui falo das que mesmo nas piores dificuldades enfrentam os mares, as enchentes e os suores das batalhas...…

Você entrega as noites aos seus sonhos...Será?

...Como em um sonho... figura reproduzida Você entrega suas noites aos seus sonhos? Será? Eles devem ser brilhantes, com a lua cheia desvendando mistérios. Sentimentos abertos fluindo através da alma. Suores de gozo perante as paixões vividas.

Somos tão sensíveis as delicadezas da vida. Encantamentos para lá e para cá e a dança das borboletas que nos passam de ponta a cabeça e nos fazem delirar de afetos incontroláveis.

Na medida certa os sonhos são viagens lindas, eles nos inspiram, viagens em carruagens, príncipes e princesas especiais como em Contos de fadas. 

E se um dia sonhar com varinha de condão, com pozinho de pirlimpimpim, com varetas voadoras, flechas perfumadas...Deixe fluir, deixe viver, deixe sentir, deixe ser e estar na vida como se deve, porque sempre estamos dispostos a sonhar mais e de uma vez por todas, faz um bem danado. Pode acreditar.
Beijos
Beth Valentim

Capricha, porque é um novo tempo...

...Capricha, porque é um novo tempo... figura reproduzida Texto para o site onde sou colunista "Bolsa de mulher". Confira! http://blogs.bolsademulher.com/BethValentim/2014/12/31/feliz-ano-novo/ Beijos Beth Valentim

De pernas para o ar...

...Cada domingo é diferente, mas todos com a mesma essência, o agradecimento por mais uma semana... figura reproduzida Um novo domingo e acordei cedo para sair por aí sem destino. Viver um momento meu e comigo mesma. Coisa que sinto necessidade quando preciso refletir e obter respostas para meus anseios.

E quando me vi diante de tanta beleza da natureza, fechei os olhos e me deixei levar. Agradeci a força que tenho para resolver tantas coisas, uma após outra, sem cessar. Uma batalha. Lutas. Impensadas dificuldades. No entanto, nesse domingo, quero agradecer a Ti meu Pai, por abrir portas. Por ser possível levantar todos os dias. Por deixar de lado o encurralamento. E nesse domingo e que é dia de agradecer mais uma semana, que possamos agradecer a vida...Que possamos estar sozinhos ou com pessoas queridas, mas que seja um dia de comemoração e entendimento de que tudo passa e por essa razão, precisamos ser combatentes. Sim, até o fim...
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim

por que tanta diferença?...

...você é dessas que mesmo dormindo fica pronta para quando o "lobo mau" telefonar? Cuidado, ele pode lhe deixar numa saia justa daquelas... Mulher não pode telefonar a qualquer hora, surgir do nada e fazer uma surpresa para quem está afim. Se assim agir, é porque está dando mole demais, sendo oferecida e tal e coisa.Mas homem pode tudo. Até telefonar meia noite no sábado e se achar com o poder de estragar sua vida, caso esteja namorando. Afinal, por que tanta diferença? Não sei não, mas mulher fica feliz quando acontece algo assim. Liga para as amigas e provoca logo uma reunião para falar sobre o assunto. Se acha desejada e pode estar sendo apenas um escape para quem não tem nada para fazer, e, sabe que a boazinha aí sempre fala “sim” para as suas investidas. Já parou para pensar que se você faz dessa maneira vai levar um fora terrível? Ou mesmo ele sequer vai lhe atender? Que esse tema é domínio dos homens e mulher tem que ficar esperando...esperando...até q…

Tempo da renovação, da discórdia, da estiagem...

...Sempre será assim, basta tornar possível... figura reproduzida Você anda desanimado com tudo que acontece. As coisas andam esquisitas, pessoas que nem tem intimidade se acham no direito de falar e falar e expor situações inimagináveis. No trabalho a frustração agrega e no amor, nem se fala...Será que o mundo está distorcido ou você anda enxergando as prateleiras que o decoram todas tortas...
Pois é, é preciso acordar todos os dias e enxergar algo assim - simples, belo e que traga leveza. Não deixar que pensamentos turvos destruam sua criatividade e enterre de vez as possibilidades que possui para recomeçar.
Renovar o estilo pessoal, emocional, entender que deve calar-se em vez de expor-se tanto assim. Sentir desejos nobres. Cuidar da saúde. Viver cercado de pessoas que te valorizam, porque as que não valorizam, não tem jeito, vão continuar falando de ti, despertando sentimentos ruins em seu coração e o melhor a fazer no tempo da discórdia é seguir em frente sem olhar para trás.
Renovaçã…

Ser feliz...

Foto de minha autoria - Paris, França " Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista para aqueles que conseguem viajar para dentro de si mesmo. Ser feliz é parar de sentir-se vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas conseguir achar um oásis no fundo de nossa alma"...
Beijos
Beth Valentim

O destino você constrói...

...O tom do seu destino, você escolhe... figura reproduzida Esperamos que as coisas aconteçam, mas nada acontece. As janelas não se abrem, muito menos as portas. Fica difícil ver lá fora e por dentro a dor invade a alma como se fosse a mão que aperta a alma.
E você quer porque quer que aquilo ou alguém seja seu, que aconteçam as magias das descobertas como se vivesse em uma plateia a assistir cenas de mágicos, cartolas que deixam sair pombos e outras coisas mais...Pois é, acredite, o destino é a ponte que você constrói até o seu objetivo, seja ele a pessoa amada, o trabalho, sonho, enfim, vai ter que ser um agricultor, construtor, seja lá o que for, mas por aqui o jeito é trabalhar para conseguir o que deseja. 

Culpa do destino.
Culpa do futuro.
Culpa da vida.
Ah, por favor, quando vai crescer e sentir-se forte o suficiente para lutar e entender que as coisas não caem do céu. Por lá existe Deus que nos ajuda a levantar, mas caminhar de novo é tarefa sua, minha, de todos nós que queremos ser …

o que uma cena de amor faz com a gente...

...Difícil é esquecer algo assim...Aiai... figura reproduzida Como definir o amor. Talvez nunca possamos entender o que realmente o amor faz com a gente, como nos transforma, nos deixa mexidos, mas quando uma cena de amor é bem feita, de filme ou de novela ou de teatro, não importa, ela toca profundamente a alma.

Aquele homem perdidamente apaixonado pelo corpo de uma mulher. O degustar dos desejos. Os olhares que como sintonia perfeita se encaixam, se perguntam se respondem. Fico a imaginar coisas malucas quando assisto algo assim e confesso, mexe demais comigo, até a raiz do cabelo, o fio de ouro das teias do coração ou as pontas do espirito acenam.

Uma cena de amor desperta a saudade que parecia estar adormecida. Faz transbordar falas, silêncios, coisas entre duas pessoas que somente eles conhecem. As mãos que entrelaçam quando no ápice da paixão elas precisam parecer segurar o que sentem. Os sussurros que como alívios entoam ou encantam os momentos em que suores, fluidos, marchas de pa…