Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 27, 2014

Apesar da morte de alguns de nossos sonhos...

...Não deu dessa vez? Ah, sonhe de novo, vale a pena... figura reproduzida Eles parecem eternos, sim, os sonhos nos acompanham e fazem com que o despertar seja melhor. É aquele desejo de encontrar alguém, de estar com alguém, de poder dizer algo que ficou guardado, sonhar com uma viagem com os amigos, sentir o cheiro do amor do passado pelo menos mais uma vez...E tantos sonhos são assim, vivos, quase eternos, mas existem uns que morrem e apesar de alguns deles morrerem temos que tomar a decisão de ser feliz.
Emoções conflitantes apertam o peito. A saudade que bate daquele tempo bem vivido. Pessoas queridas que já partiram, O trabalho que era ótimo, mas não foi possível permanecer...
Alguns sonhos morrem, sim, não valem mais a pena estar no dia a dia, escaparem da memória ou mesmo cutucar a alma como se ainda pudessem ser realizados.

Não importa...uns vão, outros chegam...E essa vitória de entender o mecanismo da ida e vinda da felicidade é coisa de sábio, da genialidade do ser que está sem…

Há perigo em um coração dividido...

...Enquanto fica assim tão dividido o seu coração, o tempo passa e as alegrias também, sabia?... figura reproduzida Sim, coração dividido pode ser traiçoeiro. Vive na luta entre o desejo de querer viver e o desejo de querer murchar. E nesse duelo a vontade mais forte vence, portanto é bom que o alerta esteja acionado, os olhos bem abertos, porque o mal pode vencer o bem, porque é mais fácil, dá menos trabalho, claro, onde já se viu gente despreparada ser especialista em alguma coisa, na verdade são só "viciados" em apedrejar, dar rasteiras, enfim, inveja nem se fala...

Há perigo em um coração dividido...muito perigo e amar alguém, por exemplo, sabe como é, tem o gosto de desejo, mas o fel está também misturado. Medo de perder o controle, de não saciar a sede do que vem do intimo...Sentir a essência vacilando, e, é bom mesmo que você, eu, todos nós sejamos experientes, determinados, que pratiquemos o que for possível para treinar ser o escudo para defender-se de maus momentos e …

A vida e sua arte de viver...

...E a gente precisa de tão pouco para ser feliz, não é mesmo? Pois é e isso é arte, o restante é básico... figura reproduzida Pois é, é um caminho ali e outro por um lado tão diferenciado. As curvas que embolam o estômago e o medo de seguir em frente vem, arrepia e faz sofrer. Mas se a meta é decidir escolher a melhor parte do caminho, então é a arte, sim, a vida e sua arte de viver com seus pincéis magníficos e que desenham linhas belíssimas que disfarçam, liberam. Embelezam, mas uma coisa é certa, nos faz sentir o alivio necessário para prosseguir.

Na vida existem as coisas que são básicas, mas outras que são arte. Básico é poder fazer seu trabalho com o conhecimento adquirido. Arte é explodir de emoção por perceber que fez o melhor dele,  para ele...A eficácia não é mais a mesma, porque ocupou-se de qualidade, merengue, coisa gostosa de apreciar e bater palmas por dentro por ter podido enfrentar obstáculos e mesmo assim, ser um apaixonado pelo que faz.

Lindo isso, não é mesmo?
Saber qu…

Dia de pernas para o ar...

...E mais um domingo especial... figura reproduzida Mais um domingo e entre muitos existem alguns super especiais. Esse é um, a chuva bate lá fora e "aqui" dentro o aconchego é especial.
E nada como arrumar as gavetas do coração, das emoções, separar cor por cor e aquelas que estiverem rasgadas, furadas, o melhor é desfazer-se. Tem aquela peça estimadíssima, mas que tal dar lugar a uma mais moderna, essencial, que venha no presente trazer-lhe realmente mimos, alegrias, coisas que nem sabemos explicar, mas que valem a pena...como valem a pena....

E se ainda estiver triste, cabisbaixa ou cabisbaixo, assista um filme gostoso, leia aquele livro inacabado, sonhe e principalmente agradeça por estar mais uma vez por aqui e prestes a recomeçar uma nova semana.
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim