Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 17, 2013

dia de poucas palavras...

...É por aí, sorrindo e nada de soltar palavras "estragadas" e descontroladas... figura reproduzida Hoje é aquele dia de poucas palavras. Não porque o dia não está bacana, mas porque às vezes o melhor a fazer é economizar as palavras para não estragar as conquistas.
Se a paciência estiver curta, cuidado, você fez tanto nesses meses...se calou quando queria gritar, esbravejar...Controlou as emoções para que não tomassem a frente e depois te deixassem culpada, culpado...Enfim, não é melhor "fechar a boca" e "colar a língua" no céu da boca fazendo com que as palavras se dissolvam em vez de saírem por aí aprontando?
Então, dia de poucas palavras é assim...Aquela sabedoria de sempre, o silêncio dos sábios já nosso conhecido e continuar curtindo o que vier e não o que gostaria que acontecesse...Afinal, como transformar tudo para que o tempo, o vento, o sol, o dia, a noite e as manhãs acontecessem como gostaria?
Não tem jeito, o melhor a fazer é curtir a vida como el…

desde aquele dia eu fiquei assim, encantada...

...E agora estou aqui, na superfície e totalmente livre, Amém!... figura reproduzida
Supostamente vivendo algo sobrenatural desci fundo no mar azul e límpido das ilusões. Sem essa de medo de estar vivendo somente o agora e coisa e tal e quando quis respirar, o ar tinha faltado...a margem estava muito acima de minhas possibilidades e até conseguir chegar ao topo outra vez foi difícil demais.
Senti frio. Senti calafrios.
Senti tremores. Senti horrores.

E tentando levantar as minhas forças para que lutassem por mim e para mim, a história passava como cenas enlouquecidas em minha mente. Eram as mentiras, eram os desacertos, eram as maiores e ridículas impossibilidades que eu havia vivido. Enfim, esse era o dilema, quem seria eu? Alguém ingênuo demais ou idiota...Sabe, na dúvida escolhi ser ingênua e pioraram as coisas...Deu ódio, deu raiva, a ira se multiplicou em mil e me senti usada, totalmente passada para trás...E tentando subir até a tal margem resolvi mudar, eu era apenas uma pessoa dign…

você tirou um pedaço de mim, mas ele se regenerou, sabia?...

...E se um dia eu sentir saudade, será uma saudade boa, nada mais... figura reproduzida Certo dia eu amei, ah como amei...Senti arrepios profundos que pareciam rasgar a minha alma. Eu tinha a força da paixão escancarada, subia pelas paredes, vivia a gargalhar de alegria, como era bom sentir tudo aquilo que nem sabia que existia...
Algo mágico me fazia florescer, duvidar até de que eu estava viva...Quem sabe teria morrido e enfim encontrei o paraíso.
Anos passaram...coisas aconteceram....lembranças ficaram...flashes permanecem...
Tudo em mim vibra quando lembro de nossos laços, abraços, beijos, fortuitos encontros e maravilhosos êxtases...Mas como toda boa história ela teve fim.
Você tirou um pedaço de mim, mas ele se regenerou, sabia?
Ele se fez novo, ele se recuperou, nenhum desespero ficou por ali rondando as células antes mortas. Pelo contrário, a vida ensinou tantas coisas que como Fênix ressurgi das cinzas.
Saí da quina, da culatra, dos desvios, dos desassossegos. Escorreguei sim, claro,…

os meus bens me pertencem...

...Seus talentos te pertencem...Faça por onde tê-los sempre a seu favor... figura reproduzida "Todos os meus bens estão comigo". Sêneca
Existem momentos em que você se surpreende consigo mesmo. Chora. Não tem vontade de sair da cama. Não se ajeita como antes. Fecha os olhos como se o mundo não existisse. E os dias passam e não realiza. Se sente rejeitado. Não amado. As pessoas parecem ter esquecido você. E como se livrar desse torpor que já tomou conta de muita gente...

Saiba: todos os seus bens estão contigo. Ninguém tira. Ninguém arranca. Podem até tocá-los, mas leva-los consigo, somente se permitir.
Você tem talentos.
Você tem dons.
Você tem esperança.
Você possui tantas coisas e  nem imagina seu poder. Confere ao outro, seja quem for, o tal poder. Ele ou ela lhe faria feliz. Ele ou ela conseguiria tirar-lhe da lama. E como não tem forças para seguir em frente entrega facilmente esses bens que são seus e de mais ninguém.
Pensa mesmo que é a única pessoa que sofre, que foi enganada,…

alcançar a felicidade é perceber detalhes...

...Não adianta tentar cobrir a sua estrada, você vai encontrar pedras grandes e pedras pequenas e vai ter que enfrentar... "A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga". figura reproduzida Não canso de escrever sobre esse efeito que os detalhes tem em nossas vidas. Somos distraídos e cegos diante do que nos faz tremer de emoção. E nesse tremor, as "pedras pequenas" nos fazem tropeçar. Estão ali, mesmo sem parecer perigosas, mas um resvalo, pronto, a queda, a torção no tornozelo da alma é desesperadora. A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, as grandes estão por ali a nos mostrar seus perigos. E você já deve ter pisado em muitas delas, ter se distraído e tropeçado em casos que pareciam idiotas, sutis, sensíveis ao ponto de nem mexerem com sua conduta e força. No entanto, talvez, quem sabe, já entendeu que deve estar alerta para esses pequenos e mínimos detalhes que podem mudar todo o segmento da felicidade, atrasar a mesma e à…

apenas algumas palavras...

Às vezes nem dá tempo de dizer muito, mas o pouco pode ser suficiente, desde que seja com carinho... figura reproduzida Hoje apenas algumas palavras...cheguei agora de viagem e não queria deixar de escrever esse post. Talvez um dia você mesma/o entenda a importância do amor, mas sabe? Ele vale a pena...
Tem dias que nos sentimos com saudade de tudo, do tudo que se foi ou que nunca chegou, mas pelo menos continuamos a viver e tentar entender que vale a pena seguir em frente.
Nada mais a dizer quando se está com pressa, mas mesmo assim, quando se tem carinho não se esquece de deixar alguns registros, assim como esses, apenas algumas palavras que podem não dizer tudo, mas dizem o suficiente.
Amo cada ELA querida, cada ELE também... E obrigada por sempre me aceitarem como sou e não como eu poderia ser...
Beijos
Beth Valentim

dia de pernas para o ar...

...Mais um dia daqueles de tirar o chapéu! Vamos curtir? figura reproduzida Mais um dia em que podemos curtir sem contar as horas, claro, para quem trabalha não é assim, mas também tem alguns dias de pernas para o ar para viver intensamente, então, fica a dica...
Espero que você tenha acordado com energia e desejos maravilhosos....Sorrir, tratar bem as pessoas, viver intensamente cada momento e fazer deles o que precisa...Se for descansar, então descanse e pronto. Se for para se divertir, corra atrás de situações inusitadas...Cada um tem lá suas necessidades, portanto, um dia assim, é de pernas para o ar na medida certa do amorpróprio e das características individuais...

Se em sua cidade estiver fazendo sol, não deixe de pelo menos dar uma olhadinha para ele. Se estiver chovendo, vá ao cinema, esteja com amigos, assista um bom filme em casa, enfim, crie instantes especiais e os perpetue na medida das melhorias que lhe trás....Se não der certo, procure outro e assim seu dia vai ficar tinin…