Pular para o conteúdo principal

matéria que participei...texto em grifo rosa....

Ternura masculina
São José do Rio Preto, 3 de Agosto, 2011 - 1:45
Pesquisa aponta que os homens prezam mais pelo carinho em relacionamentos


Daniela Fenti





Lézio Júnior/ Editoria de arte

Todo mundo gosta de demonstrações de afeto, como beijos e abraços.

 O que nem todo mundo sabe é que os homens têm maior propensão a

se sentir felizes em relacionamentos duradouros e que a frequência dos carinhos recebidos -
 em vez do número de parceiras, como imagina o senso comum - é um indicador
 preciso da satisfação deles.
A afirmação vem de uma pesquisa internacional, realizada há cerca de
dois anos pela equipe de Julia Heiman, diretora do
 Instituto Kinsey de Pesquisa sobre Sexo, Gênero e Reprodução, da Universidade
de Indiana, nos Estados Unidos. O material foi recém-publicado pela revista
“Archives of Sexual Behavior”.

O grupo entrevistou mil pares heterossexuais dos Estados Unidos, do Brasil,
da Alemanha, do Japão e da Espanha, entre 40 e 70 anos, que eram casados
ou moravam juntos há pelo menos 12 meses. Homens e mulheres responderam
 a um questionário específico, sem compartilhar as respostas com o parceiro.


“O estudo fornece base para futuras pesquisas sobre sexo e gênero.
O próximo passo é entender como a saúde de uma pessoa, a atração física
e as experiências sexuais estão relacionadas à felicidade do casal
 e a sua satisfação sexual”, explica a autora.
A psicanalista, escritora e blogueira Beth Valentim, do Rio de Janeiro,
 concorda com os resultados. Segundo ela, as necessidades afetivas
 são distintas para cada gênero, por razões socio-culturais e
 por questões relacionadas ao próprio desenvolvimento humano.

Carinho, no “dicionário másculo”, quer dizer estabilidade.
Ou seja, eles gostam de receber cuidados, de sentir que
as mulheres estão por perto, até como aquela figura maternal,
 que os acompanhou durante toda a vida para preparar as refeições,
dizer que
 ama e oferecer afagos.
Percebem que são amados e aceitos à medida
em que identificam esses gestos.
“Atendo em meu consultório homens bonitos e bem-sucedidos, de 35 a 45 anos,
que buscam uma família, paz e amor. Para eles, o sexo é delicioso, mas não é tudo”,
conta Beth.

A ala feminina tem comportamento diferente. O estudo aponta que, neste caso,
 o termômetro da vida conjugal está mais ligado ao tempo da união.
Quem estava com o marido há mais de 15 anos apresentava-se mais realizada,
inclusive sexualmente, do que as demais participantes.
Na visão de Beth, elas encaram o fato de estar junto
por um longo período de forma favorável, como se o outro não desistisse delas,
apesar das dificuldades encontradas no dia a dia.

Muitas vezes, cria-se a falsa ideia de que a duração do casamento
está intrínseca ao desejo sexual ativo. Assim, considera-se mais importante
que ele sinta vontade de transar do que fazer uma carícia.
“Sentir-se desejado é sinal de
 que está tudo bem, mesmo que o casamento não esteja tão harmonioso.
É possível, sim, manter a chama acesa. Mas a paixão é cíclica.” A psicóloga especialista em psicoterapia cognitivo-comportamental
Mara Lúcia Madureira, de Rio Preto, salienta que a maioria dos ouvidos vive o matrimônio
 há 25 anos,
 em média. Nessa fase, em geral, os filhos, que necessitavam de atenção permanente,
cresceram. Assim, as mulheres retomam o desejo, mas os homens experimentam o
 declínio no desempenho sexual.
Outro dado interessante é que os japoneses de ambos os sexos
disseram estar mais felizes com seus pares do que os norte-americanos.
 Estes, por sua vez, superam os brasileiros, os espanhóis e os alemães.
A porcentagem de satisfação sexual entre os homens da terra do sol nascente
chega ao dobro do percentual de outras nacionalidades.

Um
dos motivos pode estar relacionado com as tradições orientais e latinas.
 Enquanto a primeira valoriza a espiritualidade como fonte de prazer,
a segunda estimula a sedução e a busca incessante pela beleza física.
“No Brasil, a elevada permissividade e a tolerância
com sucessivas separações,
 divórcios e recasamentos favorecem o não empenho para viver bem com o primeiro cônjuge.
 A persistência na superação dos desafios é desencorajada.
 O que não está bom deve ser trocado, sejam objetos ou pessoas”, defende Mara Lúcia.

A superficialidade do envolvimento amoroso no Ocidente está ligada
a diversos fatores.
Há quem tenha dificuldade para expressar sentimentos porque
 não aprendeu essa habilidade. Essas pessoas até desejam fazer carícias,
 mas não se sentem à vontade.
Outras perderam a espontaneidade, devido a tentativas frustradas do passado.

Não sentem vontade e não compreendem a necessidade do outro
 em receber e manifestar ternura. Há ainda uma subcategoria que fala de afeto,
especialmente por meio de novas ferramentas tecnológicas,
como Twitter e Facebook, mas não se permitie sentir o que prega.
Especialmente no universo masculino,
revelar à sociedade sua sensibilidade não parece um bom negócio.

Em uma roda de amigos, a entrega ao amor pode ter conotação de perda
da estabilidade emocional e do controle da situação.
Por isso, os cordeiros de casa são os lobos das ruas.
 “Os homens não querem ser taxados de bobos, apaixonados.
 Eles não falam só de futebol. Falam muito mal das mulheres.
Têm necessidade de dizer que as coisas não estão boas.”
A dica dos especialistas, entretanto, é para que os beijos
e abraços façam parte
da rotina de homens e mulheres. Como diz a música,
 “cuide bem do seu amor, seja quem for.”
Dicas


Para eles praticarem

:: Elogios são sempre bem-vindos, dentro e fora de casa.
A mulher precisa do outro para se autoafirmar.
 Dizer na cama que ela está linda e continua a mesma do início do namoro pode
 dar um “upgrade” na relação ?
Elas adoram coisas “bregas”. Por isso, use e abuse de flores,
 chocolates e cartões em qualquer época, mesmo que não tenham valor material.
Ainda que opte por um presente caro, como uma joia,
é fundamental um recadinho com belas palavras

Para elas praticarem

:: Pequenos cuidados são essenciais para cultivar o romance.
Quem faz massagem e prepara a comida de que ele mais gosta,
por exemplo, torna-se uma forte candidata a permanecer
no coração desse homem por muito tempo.

:: Surpreenda seu amor. Escrever uma declaração com batom no espelho
ou deixar um lacinho no aparelho de barbear podem ser sinais de que se preocupa
com ele.
Quem tem dificuldades para se expressar pode enviar mensagens por meio
 de redes sociais

Para ambos praticarem

:: A recompensa do carinho é a satisfação de quem o recebe.
Por isso, é importante que cada um se interesse pelo
 tipo de sensação provocada pelo toque no outro e respeite seus limites.
 O cafuné, por exemplo, costuma ser relaxante e induzir ao sono.
Mas há quem goste de cabelos e couro cabeludo intactos.
Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Comentários

  1. Oi Beth, não sei por que, mas não estou conseguindo ler as linhas do texto até o final, estão cortadas. Parabéns pela matéria.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  2. eu vi, elzinha, vou tentar reestruturar...não sei porque cortou...obrigada pelo aviso, bjks
    beth valentim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

A mulher inesquecivel para um homem...

...A mulher que é muito mais que um "corpo"...Sim, ELA sabe conquistar...
figuras reproduzidas
                                           “Você me faz querer ser um homem melhor”
filme : Melhor Impossível

Já disse por aqui que existe diferença entre mulher "gostosa" e a que possui "gostosura"...A que não tem o corpo recortado, a bunda empinada e seios fartos, mas a que quando atravessa os caminhos faz tremer a terra, o vento sopra diferente e o céu se abre para sorrir...Essa mulher, a que não se sabe a razão mas deixa um homem hipnotizado, é a que embala os sonhos masculinos...Édoce o suficiente para não melar e forte até que uma lágrima role em sua face...

Existem mulheres que inspiram os homens, claro que algumas deixam-os com medo, eles se afastam porque não sabem conviver com tamanho poder...As poderosas que mais parecem guerreiras sem alma, mas por aqui falo das que mesmo nas piores dificuldades enfrentam os mares, as enchentes e os suores das batalhas...…

De pernas para o ar...

...Mais um domingo especial... figura reproduzida Mais um domingo e eu não vou perder tempo para curtir o dia. Aliás, vou colocar as prateleiras em dia e do meu mundo pessoal. Hoje vou dobrar cada pedaço de mim bem direitinho para poder guardar com carinho o que conquistei. Colocar spray nos armários, espumas espalhadas por todos os lados e depois, descansar, assistir filmes repetidos, que adoro, inventar mais histórias e subir no salto para poder enxergar do alto a vida  e que irá recomeçar amanhã. O dia seguinte de trabalho, de amigos, de afazeres e muito feliz e agradecer por mais uma semana.
Feliz domingo!
Beijos
Beth Valentim

Escolhas...

Você caminha e caminha e faz as curvas, se depara com lindos campos, flores e de repente, algo caiu em sua cabeça como se fosse permitida a entrada em sua vida. Sei lá, às vezes somos surpreendidos por notícias desagradáveis, atitudes sem sentido, palavras malditas ou ditas com o veneno de uma serpente. O que fazer se nada entende. Se tudo acontece como se jogassem fogo em sua "cauda" e esta tornasse sua perseguidora.

Pois é...tem de tudo na vida. Tem os mistérios e que jamais serão compreendidos. Aventuras tolas. Suposições sobre você e como derrubar ou apagar. Ledo engano, talvez seja perseguido por anos ou até por toda vida. Talvez entenda certas coisas e outras, jamais. Mas o que importa é não se culpar, colocar o próprio dedo em riste em acusação. Seja firme. Seja valente. Não imponha conceitos a ninguém, sequer a si mesmo.

Tudo passa. Tudo é amenizado quando não se valoriza. Valorizar é algo do bem, sentir-se feliz e aplaudir o estado. Agora, valorizar o vazio, a pretens…

As diferenças no amor...

Nem sempre são flores... figura reproduzida
Você desperta de um dia para o outro e percebe que deve virar a mesa. É um relacionamento falido e repleto de problemas, frustrações, tratamento que não agrega, enfim,  percebe que não dá para continuar vivendo assim.

Sabe? Melhor seria esgotar possibilidades, mas muitas vezes depende das categorias das possibilidades. Se existir agressão física ou verbal, melhor trilhar outro caminho. Você não merece passar por isso e de migalhas chega.

Mas se for outra situação, melhor sentar e conversar. Falar um com o outro e tentar aparar as arestas, mas se não é possível, o bom é começar a arrumar as malas da alma e construir uma nova vida.

Se relacionar é mesmo complexo. Pessoas diferentes. famílias diferentes, formação, tudo vem de sua própria semente e não é possível  misturar. É possível pegar para si o que é melhor e trocar, somar e subtrair o que não faz bem.

Somos pessoas únicas e temos nosso jeito de amar. Amor de casal, amor de amizade, amor pelos c…

Limite ou fé...

...Recomece mesmo assim... figura reproduzida Pois é, já aprendi que o limite é algo eficaz. Que o objetivo é imprescindível para viver. Que as metas são importantes. Mas aprendi também que a fé é o primeiro degrau para atingir meus sonhos.
Nada mal  não é? Parece mais fácil ter fé do que colocar limites, traçar objetivos e por aí vai. Que nada, ter fé é dom, é o praticar constante. É acreditar que tudo vai dar certo...Sim, e não é fácil ser assim.

Com o tempo se aprende que a sabedoria é eficaz. Que o perdão é o sentimento que nos impulsiona. Que a humildade é a limpeza da alma. Que compaixão é mesmo algo divino.
Quanto custa? Financeiramente nada, mas é atitude para valentes.

Valentia ser cordial.
Valentia ser especial com as pessoas.
Valentia perdoar.
Valentia ser melhor a cada dia.

Limite ou fé, muito bem, depende de você fazer as escolhas, mas se colocar uma pitada de fé em cada coisa que fizer, verá que as linhas dos limites serão tênues, mais flexíveis e você irá poder atravessar de um l…

Reflexão não faz mal a ninguém...

figuras reproduzidas

O tempo passa e você com culpa, arrependido do que não fez...e pelo que fez o arrependimento arrasta correntes e te faz atado com sua alma em profundos oceanos... 
Não tem jeito. Viver é algo da altura da coragem e soltar as amarras é para quem tiver forças para puxar a âncora e continuar viagem.
Porto seguro é um lugar calmo, sim, até vale a pena estar nele de vez em quando. Porém a paixão pela vida é mesmo o caminho para o vento forte que te empurra para frente e não o deixa olhar para trás.
Agarre o vento em suas velas e norteie seu barco para conquistar objetivos. Fácil? Eu não diria que é fácil, mas ninguém disse que ser feliz é algo morno, muito pelo contrário, é uma guerra sem fim.
Explorar as curvas, seguir viagem, subir e descer montanhas, enfim, é o que faz a força reconhecer que é mesmo força genuína e quando isso acontece, pode acreditar, gera bônus e consegue suportar os túneis escuros e submergir das águas escuras.
Sonhe! Não esqueça dos sonhos. Eles pode…

Avaliações sobre o livro "Coisa de mulher" por Beth Valentim....

Um livro que virou o queridinho das mulheres e de muitos homens para conhecerem o universo feminino. Das mais de 34 mil avaliações sobre o livro, aqui estão algumas, somente no Google Play. Se você ainda não leu, curta, divirta-se, viaje, mas leia... Há mais de 4 anos na lista dos mais vendidos iTunes! Algumas das milhares de avaliações sobre a leitura. Muito feliz... iTunes. GooglePlay, Amazon entre outras livrarias. Por Beth Valentim


Beijos
Beth Valentim

charme feminino...

...em cada olhar feminino mora o charme de ser a mulher desejada e fascinante... figuras reproduzidas "Quase sempre as mulheres fingem desprezar o que mais vivamente desejam" William Shakespeare Quando li essa frase sorri no canto dos lábios. Verdade, veja se não é a definição do charmefeminino. Fazemos beicinho, deixamos lágrimas escorrerem na face e de caras e bocas somos as melhores...Enfim, sabemos dar de ombros ao que nos daria imensa felicidade, mas, mesmo assim, como perder o charme de dizer "não" primeiro e depois um "sim" gostoso e repleto de charme? E Shakespeare foi feliz nas palavras, bem, ele agrada a muitos, não é mesmo? Quem não o admira tanto assim, nesse caso vai até achar o mocinho interessante. E é verdade que quase sempre a mulher despreza o que está vivamente interessada. O seuhomem mostra aquele vestido na vitrine e ela se contorce toda e meio sem graça finge não entender que ele queria lhe presentear...E como se nada quisesse, sorri com …

Nem sempre o mais é sinônimo de adição...

Nem sempre estamos preenchidos. é necessário esvaziar-se para entender o que deve nos ocupar... figura reproduzida
Verdade, quantas vezes já disse por aqui, que vencer nem sempre é ganhar. Perder também é preciso para entender as coisas do íntimo, da vida pessoal, destrinchar a essência e sair percebendo quem realmente somos.

A sociedade cobra que estejamos no pódio a todo momento, nas placas luminosas, nos letreiros...Ah, por favor, o mais pode não ser sinônimo de adição e sim de perda. Mais coisas no armário, mais compras, mais comida, mais amigos, profusão de eventos...Quem diria, você pode chegar a ruína.

Ruína?
Claro!
Como o silêncio poderia adentrar sua vida e mostrar sabedoria se todos os seus "Cômodos" estão ocupados?

E que entenda que nem sempre estamos a frente.
Nem sempre somos os primeiros da fila.
E por aí vai a história da ganância que nos leva ao caos.

Viver a vida é conhecer a si próprio mesmo que doa e não somente encher o peito de medalhas. É mesmo ter o peito vazio,…

De pernas para o ar...

...Feliz domingo...curta, sinta, viva... figura reproduzida Mais um domingo, que bom, é mesmo um dia confortável, sensível, de fé, encontro entre amigos, diversão e descanso. Pessoalmente sou fá de domingo, porque nesse dia posso escolher e sair da cama a hora que desejar. Viver o dia vendo o nascer do sol ou por do sol, mas o importante é ser feliz.

Leia um bom livro. Assista filme em cartaz ou não, Almoce com os amigos. Sinta-se leve em frente a paisagem. Envie mensagem para um amigo distante. Enfim, saia de casa, mas a casa pessoal e divirta-se com a animação da paz, da alegria, dos sonhos. Sim, é o que vale...Ser feliz é mesmo viver cada dia e esse, acredite não faça dele a véspera do desespero como muitos, pelo contrário, sinta-se leve e agradecido por ser a véspera do recomeço.
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim