Pular para o conteúdo principal

matéria que participei...texto em grifo rosa....

Ternura masculina
São José do Rio Preto, 3 de Agosto, 2011 - 1:45
Pesquisa aponta que os homens prezam mais pelo carinho em relacionamentos


Daniela Fenti





Lézio Júnior/ Editoria de arte

Todo mundo gosta de demonstrações de afeto, como beijos e abraços.

 O que nem todo mundo sabe é que os homens têm maior propensão a

se sentir felizes em relacionamentos duradouros e que a frequência dos carinhos recebidos -
 em vez do número de parceiras, como imagina o senso comum - é um indicador
 preciso da satisfação deles.
A afirmação vem de uma pesquisa internacional, realizada há cerca de
dois anos pela equipe de Julia Heiman, diretora do
 Instituto Kinsey de Pesquisa sobre Sexo, Gênero e Reprodução, da Universidade
de Indiana, nos Estados Unidos. O material foi recém-publicado pela revista
“Archives of Sexual Behavior”.

O grupo entrevistou mil pares heterossexuais dos Estados Unidos, do Brasil,
da Alemanha, do Japão e da Espanha, entre 40 e 70 anos, que eram casados
ou moravam juntos há pelo menos 12 meses. Homens e mulheres responderam
 a um questionário específico, sem compartilhar as respostas com o parceiro.


“O estudo fornece base para futuras pesquisas sobre sexo e gênero.
O próximo passo é entender como a saúde de uma pessoa, a atração física
e as experiências sexuais estão relacionadas à felicidade do casal
 e a sua satisfação sexual”, explica a autora.
A psicanalista, escritora e blogueira Beth Valentim, do Rio de Janeiro,
 concorda com os resultados. Segundo ela, as necessidades afetivas
 são distintas para cada gênero, por razões socio-culturais e
 por questões relacionadas ao próprio desenvolvimento humano.

Carinho, no “dicionário másculo”, quer dizer estabilidade.
Ou seja, eles gostam de receber cuidados, de sentir que
as mulheres estão por perto, até como aquela figura maternal,
 que os acompanhou durante toda a vida para preparar as refeições,
dizer que
 ama e oferecer afagos.
Percebem que são amados e aceitos à medida
em que identificam esses gestos.
“Atendo em meu consultório homens bonitos e bem-sucedidos, de 35 a 45 anos,
que buscam uma família, paz e amor. Para eles, o sexo é delicioso, mas não é tudo”,
conta Beth.

A ala feminina tem comportamento diferente. O estudo aponta que, neste caso,
 o termômetro da vida conjugal está mais ligado ao tempo da união.
Quem estava com o marido há mais de 15 anos apresentava-se mais realizada,
inclusive sexualmente, do que as demais participantes.
Na visão de Beth, elas encaram o fato de estar junto
por um longo período de forma favorável, como se o outro não desistisse delas,
apesar das dificuldades encontradas no dia a dia.

Muitas vezes, cria-se a falsa ideia de que a duração do casamento
está intrínseca ao desejo sexual ativo. Assim, considera-se mais importante
que ele sinta vontade de transar do que fazer uma carícia.
“Sentir-se desejado é sinal de
 que está tudo bem, mesmo que o casamento não esteja tão harmonioso.
É possível, sim, manter a chama acesa. Mas a paixão é cíclica.” A psicóloga especialista em psicoterapia cognitivo-comportamental
Mara Lúcia Madureira, de Rio Preto, salienta que a maioria dos ouvidos vive o matrimônio
 há 25 anos,
 em média. Nessa fase, em geral, os filhos, que necessitavam de atenção permanente,
cresceram. Assim, as mulheres retomam o desejo, mas os homens experimentam o
 declínio no desempenho sexual.
Outro dado interessante é que os japoneses de ambos os sexos
disseram estar mais felizes com seus pares do que os norte-americanos.
 Estes, por sua vez, superam os brasileiros, os espanhóis e os alemães.
A porcentagem de satisfação sexual entre os homens da terra do sol nascente
chega ao dobro do percentual de outras nacionalidades.

Um
dos motivos pode estar relacionado com as tradições orientais e latinas.
 Enquanto a primeira valoriza a espiritualidade como fonte de prazer,
a segunda estimula a sedução e a busca incessante pela beleza física.
“No Brasil, a elevada permissividade e a tolerância
com sucessivas separações,
 divórcios e recasamentos favorecem o não empenho para viver bem com o primeiro cônjuge.
 A persistência na superação dos desafios é desencorajada.
 O que não está bom deve ser trocado, sejam objetos ou pessoas”, defende Mara Lúcia.

A superficialidade do envolvimento amoroso no Ocidente está ligada
a diversos fatores.
Há quem tenha dificuldade para expressar sentimentos porque
 não aprendeu essa habilidade. Essas pessoas até desejam fazer carícias,
 mas não se sentem à vontade.
Outras perderam a espontaneidade, devido a tentativas frustradas do passado.

Não sentem vontade e não compreendem a necessidade do outro
 em receber e manifestar ternura. Há ainda uma subcategoria que fala de afeto,
especialmente por meio de novas ferramentas tecnológicas,
como Twitter e Facebook, mas não se permitie sentir o que prega.
Especialmente no universo masculino,
revelar à sociedade sua sensibilidade não parece um bom negócio.

Em uma roda de amigos, a entrega ao amor pode ter conotação de perda
da estabilidade emocional e do controle da situação.
Por isso, os cordeiros de casa são os lobos das ruas.
 “Os homens não querem ser taxados de bobos, apaixonados.
 Eles não falam só de futebol. Falam muito mal das mulheres.
Têm necessidade de dizer que as coisas não estão boas.”
A dica dos especialistas, entretanto, é para que os beijos
e abraços façam parte
da rotina de homens e mulheres. Como diz a música,
 “cuide bem do seu amor, seja quem for.”
Dicas


Para eles praticarem

:: Elogios são sempre bem-vindos, dentro e fora de casa.
A mulher precisa do outro para se autoafirmar.
 Dizer na cama que ela está linda e continua a mesma do início do namoro pode
 dar um “upgrade” na relação ?
Elas adoram coisas “bregas”. Por isso, use e abuse de flores,
 chocolates e cartões em qualquer época, mesmo que não tenham valor material.
Ainda que opte por um presente caro, como uma joia,
é fundamental um recadinho com belas palavras

Para elas praticarem

:: Pequenos cuidados são essenciais para cultivar o romance.
Quem faz massagem e prepara a comida de que ele mais gosta,
por exemplo, torna-se uma forte candidata a permanecer
no coração desse homem por muito tempo.

:: Surpreenda seu amor. Escrever uma declaração com batom no espelho
ou deixar um lacinho no aparelho de barbear podem ser sinais de que se preocupa
com ele.
Quem tem dificuldades para se expressar pode enviar mensagens por meio
 de redes sociais

Para ambos praticarem

:: A recompensa do carinho é a satisfação de quem o recebe.
Por isso, é importante que cada um se interesse pelo
 tipo de sensação provocada pelo toque no outro e respeite seus limites.
 O cafuné, por exemplo, costuma ser relaxante e induzir ao sono.
Mas há quem goste de cabelos e couro cabeludo intactos.
Quer ler o jornal na íntegra? Acesse aqui o Diário da Região Digital

Comentários

  1. Oi Beth, não sei por que, mas não estou conseguindo ler as linhas do texto até o final, estão cortadas. Parabéns pela matéria.
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  2. eu vi, elzinha, vou tentar reestruturar...não sei porque cortou...obrigada pelo aviso, bjks
    beth valentim

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

A mulher inesquecivel para um homem...

...A mulher que é muito mais que um "corpo"...Sim, ELA sabe conquistar...
figuras reproduzidas
                                           “Você me faz querer ser um homem melhor”
filme : Melhor Impossível

Já disse por aqui que existe diferença entre mulher "gostosa" e a que possui "gostosura"...A que não tem o corpo recortado, a bunda empinada e seios fartos, mas a que quando atravessa os caminhos faz tremer a terra, o vento sopra diferente e o céu se abre para sorrir...Essa mulher, a que não se sabe a razão mas deixa um homem hipnotizado, é a que embala os sonhos masculinos...Édoce o suficiente para não melar e forte até que uma lágrima role em sua face...

Existem mulheres que inspiram os homens, claro que algumas deixam-os com medo, eles se afastam porque não sabem conviver com tamanho poder...As poderosas que mais parecem guerreiras sem alma, mas por aqui falo das que mesmo nas piores dificuldades enfrentam os mares, as enchentes e os suores das batalhas...…

Um dia de cada vez....Será?...

Fica de olho em cada passo, gingada ou tropeço da vida... figura reproduzida Saber esperar.
Saber dar um tempo.
Entender que as coisas não são como imaginamos ser.
Tentar dar a volta. Recomeçar.
Sentir arrepio na espinha e depois acalmar.

Viver de brisa quando for possível. Trabalhar muito e realizar sonhos.
Sentir amor. Viver amor. Trocar amor.

E na vida temos que experimentar muitas coisas, a dor, a alegria, superação, esquisitices próprias e alheias...Sei lá, é mesmo complexo, mas sempre se dá um jeito de ser feliz.

Viva o inevitável como aprendizado. Sinta-se a vontade com as maluquices alheias, elas são apenas escapes de quem não sabe como conduzir a vida e você tem o colo de esperança e paciência para deixar de lado esse vai e vem de atitudes simplesmente rasas.

Um dia de cada vez, reza a lenda, mas você pode dar um salto enorme se começar a deixar para trás o que não te fez bem. Cumpra a tarefa de viver triunfante, sorrir, desfrutar da natureza e só guardar o bem querer. O restante, ah o …

De pernas para o ar...

Nunca é tarde para dizer que o domingo é um dia especial.
Mais uma etapa vencida.
Curtida.
Suada.
Desejada.
E é com esperança que aguardamos pela próxima.
Boa noite de domingo!
Beijos
Beth Valentim

o que uma cena de amor faz com a gente...

...Difícil é esquecer algo assim...Aiai... figura reproduzida Como definir o amor. Talvez nunca possamos entender o que realmente o amor faz com a gente, como nos transforma, nos deixa mexidos, mas quando uma cena de amor é bem feita, de filme ou de novela ou de teatro, não importa, ela toca profundamente a alma.

Aquele homem perdidamente apaixonado pelo corpo de uma mulher. O degustar dos desejos. Os olhares que como sintonia perfeita se encaixam, se perguntam se respondem. Fico a imaginar coisas malucas quando assisto algo assim e confesso, mexe demais comigo, até a raiz do cabelo, o fio de ouro das teias do coração ou as pontas do espirito acenam.

Uma cena de amor desperta a saudade que parecia estar adormecida. Faz transbordar falas, silêncios, coisas entre duas pessoas que somente eles conhecem. As mãos que entrelaçam quando no ápice da paixão elas precisam parecer segurar o que sentem. Os sussurros que como alívios entoam ou encantam os momentos em que suores, fluidos, marchas de pa…

Paixão interminável...

Tem jeito não, é você....e ponto... figura reproduzida Como prever que algo sutil dure tanto tempo. A vida vai e vem e esse sentimento continua a latejar no peito. Você até jura que é só sexo, mas algo assim de tantos anos seria somente sexo? Carne? Tesão? Sei lá, mas existe algo misterioso entre o relacionamento entre duas pessoas. Tem sexo sim, tem carne sim, tem tesão sim, mas pode ter amor. Um amor que não se consolida por algum motivo ou porque não é maduro o suficiente para fazer sua escolha.

Mas mesmo assim ele permanece. O coração bate quando as vozes se escutam. O corpo treme, porque sabe que vem algo inimaginável de gostoso para acontecer...E como desperdiçar algo assim, se é uma delícia viver momentos felizes.

Pois é, às vezes somos obrigados a fazer opções e que nem sempre são as melhores. Pode doer se ficar e pode doer mais ainda se disser adeus. Não tem muito como interpretar o coração quando ele cisma que viver um jeito assim é próprio para ele. Talvez impróprio para alguns…

Recadinho do dia...

"A coisa mais importante que você irá aprender é amar e ser amado em troca".

Guarde isso querida ELA e querido ELE e aprenda, essa força e decisão vem do auto amor. Da consistência do amor que tem e nutre por si mesma, si mesmo...

E fica aqui a dica para ser feliz...
Beijos
Beth Valentim

Sim, faça a sua parte...

A paz é sua...Encontre-a... figura reproduzida Sim, vai existir um dia em que você possa conversar com os olhos com alguém. Transmitir paz. Sonhar os sonhos dele, dela. Trocar ideias sem barulho. Sentir o amor sem ser dito.

Sempre queremos provas de amor, palavras ditas que nem valem tanto assim. Atitudes que se desfazem em poucos minutos. Pois é, temos que acreditar naquilo que construímos. Entender que não é mais necessário estar o tempo todo precisando de retorno. As mídias sociais que nos ligam com outras pessoas de maneira desajustada. O jeito de escrever palavras para ofender o outro em público...Onde vamos parar? Seria mesmo possível fechar a boca e deixar os sentimentos fluírem?  Por que não tentar?

Sabe? Guarde isso: Coisas vividas, coisas aprendidas. Prenda-se a esse mantra que invade sua alma e pode fazer muito mais por você, do que forçar alguém a viver por você o que necessita. Chega de coisas pequenas. Saia em busca de caminhos claros e esqueça o que não lhe trouxe benesses.…

A vida é uma dança das cadeiras...

...Dance, curta, mas tome conta direitinho do seu lugar na vida... figura reproduzida "Não subestime ninguém, trate sempre com respeito. A vida é uma dança das cadeiras, um dia sentado no outro de pé". Pois é, os orgulhosos que me perdoem, mas vão ficar em pé por mais tempo dos que os que cultivam a humildade...E se por um dia você disponibilizar o seu lugar para alguém, saiba que vai ter um espaço guardado para que descanse. Mas se sempre estiver querendo ocupar um lugar de qualquer maneira, jamais se dispõe a ter delicadezas com o próximo, não tem jeito, seu telhado vai cair e pode afundar com ele para sempre. Não subestime ninguém, não desfaça de seus valores, porque as pessoas os tem. Assim como você são grandiosos e algumas vezes menores, e, portanto, trate com respeito quem estiver ao seu lado ou mesmo distante, porque a sua "cadeira" pode faltar e vai ter que se cansar, quem sabe, por muito tempo... Já presenciei muitas situações desconfortáveis. Pessoas indignad…

Amor que nunca acaba...

Ai que saudade... Não importa se o tempo passa. Ele não apaga. Ele não rasura. Ele não faz esquecer. Um toque. A palavra. A lembrança. E tudo reaquece, por dentro, por fora, por todos os lados do corpo, cada pedaço, cada beijo, cada história que nublada parecia estar, enfim ressurge, se desfaz em gargalhadas ou mesmo em lágrimas.

Amor que nunca acaba.
Amor que respira amor.
Amor que fica batendo a porta, sempre, como se jamais tivesse ido embora.

E se um dia ele se for de verdade, terei vivido coisas maravilhosas. Terei o que contar. Vou saber direitinho como é a paixão embutida no amor por muito, muito tempo...

A cada momento da vida temos uma surpresa, às vezes boa, outras, ótima, felizmente poucas vezes difícil de lidar. Porém somos feitos de coração leve, que absorve instantes, que sabe voar em algumas situações e aterrizar em outras.....O importante é saber plainar, saber voar com asas fortes e depois descansar. E quando for a hora retornar para viver o amor que nunca acaba, sem medo, …

Desejo sexual...

Esse é um texto que escrevi para o "Bolsa de mulher" como colunista.
Repaginadíssimo! Relembrando...

Desejo sexual...Por que uns têm mais e outros menos? Por que algumas mulheres ficam tão encantadoramente “possuídas” de um sentimento forte de prazer no momento do sexo? Existe um segredo para se chegar “lá”? No tão esperado estado de desejo que pode deixar uma mulher entregue ao seu parceiro, a ponto de chegar ao orgasmo profundo que a faz sentir-se totalmente tomada, por uma sensação indescritível de prazer? 
Pois bem...O desejo sexual é complexo. É formado pela união dos fatores biológicos, psicológicos e sociais.Os três interagindo de maneira harmônica podem levar a mulher a sentir-se segura, mais disponível para o sexo e para o prazer em qualquer prática sexual. 
Os fatores biopsicosociais interferem diretamente nas sensações da mulher. Se ela se sente reprimida, com certeza algum fato em sua história passada a faz “boicotar” suas emoções no momento da relação sexual. O mesmo…