Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 12, 2009

mais uma mesa de bar...

...seria tão bom se eles pensassem como a gente, não é mesmo? pois é, mas não pensam... de uma vez por todas, saiba disso... registre se for o caso... Saí do trabalho mais cedo. O chefe estava bonzinho e os prazos aconteceram. Fomos eu e Maria tomar aquele chope, mais uma vez. Dessa vez foi mais incrivel ainda, encontramos com um ex- ficante dela com um amigo em comum. Que saia justa para quem queria relaxar....Mas não é que a conversa ficou boa? *** Terminei meu relacionamento de um bom tempo, disse Lauro. Na verdade, ela terminou... *** É? Disse Maria. E está sofrendo? *** Não necessariamente. Pelo menos no tom que suas palavras tiveram intenção, mas sinto falta dela. Meninaaaaaassssss......leiam mais uma vez esse primeiro diálogo e percebam a sutileza da resposta dele....Bem diferente de uma nossa, mais objetiva e na lata. *** E não vai procurá-la? Investir porque a ama? Perguntei. *** Não. Respondeu com uma sonora negativa.... *** Podemos saber o por quê? Disse Maria a Lauro... *** Sim. Ela d…

receita para os homens...

...mulher adora detalhes, andar descalça na beira do mar abraçadinha...coisas simples... por que você, homem, não faz uma forcinha para agradar?... Sou tua até que me prove ao contrário,mas até o momento não me mostrou o carinho suficiente para que eu continue ao seu lado. Deixa eu falar! quero desabafar , por favor! Eu sei que você é homem, mas podia ser mais sensivel e me dar um beijo de vez em quando e dizer que me ama. Fica em frente à TV sem olhar para os lados. E eu ali feito boba querendo chamar sua atenção... Visto uma camisola sexy e nem sai da frente do computador. Sinto-me feia porque não me dá bola pelo menos 3 X por semana. Isso paramim éimportante, não esqueça, sou mulher. Queria que elogiasse meu vestido novo, percebesse o corte do cabelo que resolvi copiar da atriz que você acha linda...Mas pelo jeito é só nela que admira. Eu ficaria doida se, do nada, chegasse com um ramo de flores...com um cartão... porque mulher adora esses mimos femininos, sabia? Seria tão bom se me aco…

nostalgia...

...não deixe escapar as suas chances de ser feliz... Estava sentada em um lugar bonito em um parque...O vento soprava e trouxe um papel que caiu em meu colo... Peguei-o de maneira curiosa e vi um anuncio de emprego... Eu tinha sido despedida há um mes do trabalho...me sentia triste e desesperançosa. Não entendi a razão daquele vento-amigo...mas não disse um não ao destino. Telefonei. Marquei entrevista. Eu sou bailarina...e era um teste para dançar dois meses em Paris. Saí de lá com um "sim" no coração. Estava aprovada para o time de ótimas meninas e meninos dançantes... Viajei. Subi na vida. Conheci João... um homem incrivel...bonito por dentro e porfora...sorridente e forte o suficiente para me carregar no colo...e que colo indescritivel. Vivemos 5 anos de magia. Puro deleite de alegria e amor. Ele saiu de cena. Foi embora de mim e mesmo assim nao consegui entristecer.... Sabe?Tem certos momentos na vida que não devemos perder. Oportunidades unicas. Jamais se repetem. Se …

tipos de amor...

...Sensação deliciosa existem várias... mas o que interessa é que elas tragam alimento para a alma... Se for para estragar a harmonia em viver, é melhor ficar de fora de nossas escolhas... Tem amor de todo o tipo nessa vida, mas tem alguns que fazem a cabeça revirar. Quantas vezes você olha para alguém que faz os olhos ficarem presos em seu rosto. O sorriso, os lábios, a pele que reluz mesmo que este alguém esteja distante. Não se consegue entender tal coisa que aperta o coração e desfaz as armaduras do corpo. Sente-se nua. Os pés flutuam. Dá arrepio e as mãos ficam geladas. Mas tem amor que trás uma dor danada e acerta em cheio o nosso nucleo bobo de ser. Fragil. Carente. Aquele tom pobre que temos dentro do peito. É um tal de esperar telefonema...e nada. Aquele compromisso idealizado por toda mulher...e fica na vontade. Celular desligado. Viagens constantes. Desculpas esfarrapadas. Mas tem aquele amor que faz duas pessoas transitarem nas nuvens. Mergulharem no mar das ilusões. Chorarem qua…

uma carta na manga...

...se você só tem uma carta em branco em sua defesa, pode estar certa que nem cruzando os dedos e reza forte vão dar um jeito em sua situação... Sem você quiser estar sempre disponível para acertar, seja determinada e resolva suaspendências. Ser compreensiva com as suas limitações, não quer dizer estaracomodada. Ao contrário, é bom ficar sabendo que, só as vencedoras conseguem prosperar em todos os sentidos. No amor o baralho pode se confundir. Até perder alguma carta mestra. Mas guardar um coringa, é estar protegida para ameaças que podem desacelerar o seu coração.Um coringa pode ser usado nas horas difíceis. Momentos em que nada vem à cabeça. Aqueles dias em que tudo dá errado. Como fazer? Provisionar é a palavra certa. Pessoas espertas, especiais, guardam de tudo para dias nublados ou geadas - emocionais. Têm seus "alimentos congelados" para o uso de rápida necessidade. Jamais têm que ficar batendo nas portas alheias para solicitar auxilio. Não que este ato não seja bacana …

reflexão...

...se não pode fazer muito por sua vida hoje, faça um biscate...vai poder amenizar o que sente... tente!... Saio pela rua e me vejo sem olhar para os lados. Estou com os olhos frios perante a vida. Nada me dá vontade de sorrir. Nem sei se o céu está azul. Se o chão está molhado.Caminho como uma errante, tropeço e me reergo por instinto. Viro as esquinas. Subo degraus e vejo que mais um dia se aproxima.Não sei se posso superar, mas tenho que passar por mais sei lá quantas horas desafiandoo meu coração. A saudade explode dentro de mim. Meus olhos se enchem de lágrimas. Faço planos de alegria. Recuo e refaço minha tristeza. Sinto-me mulher e menina. A bipolaridade me acusa de estar dando trabalho aos meus sentimentos. Sinto falta daquela época que saía de bicicleta sem rumo. Virava as ruas e não tinham tantos carros nem perigos. Subia o meio fio e encontrava um amigo em cada virada de paralelepipedo. Saio mesmo assim de fininho e sento no banco em frente ao mar. Sujo as mãos de areia só …