Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 14, 2009

poucas palavras 5...

...deixe de lado tantos gastos em coisas materiais e invista em seu equilibrio emocional... verá o quanto vai ganhar de bonus na vida... "Sem emoção não existe beleza. Você não precisa ter nascido bela para ser incrivelmente atraente". Diana Vreeland Se insiste em querer se transformare fazer de seu corpo, rosto, algo que não lhe pertence, mude hoje essa mania que só lhe procova agonia. Saiba que as mais lindas mulheres da história foram as que se fizeram admirar. As que só cultuaram a estética, acabaram sozinhas, eram solitárias e de tanto se preocupar com a imagem, deixaram de construir a essencia forte de uma mulher vencedora. *** Hoje deixo aqui uma mensagem para você: Sem emoção, amiga, seu rosto pode valer 1 milhão de dólares em tratamento, mas sua felicidade estará sendo esquecida. Seu foco é a beleza exterior?Então é porquenenhum esforço faz para crescer interiormente. Para ser atraente,seja mais cuidadosa com a sua alma. Busque a paz e releve alguns detalhes que , se prestar …

justo agora?...mas agora já era...

...cansou de ser a bobinha? ainda bem! agora corra atrás do prejuízo... Passei um tempo me esfolando de saudade. Criando artimanhas para ver se você me procurava de novo. Saí de cena para deixar que sentisse minha falta. Fiz curso de sensualidade, comprei um guarda-roupa novo, mudei o cabelo e passei em frente ao seu trabalho para chamar sua atenção. E o que aconteceu? Nada. Me ignorou. Deixou para lá o que vivemos juntos. A química bombástica que só nós dois tínhamos. Ficou na sua e agora me liga dizendo que sente falta de mim? Aonde estava esse tempo todo? Se divertindo para me esquecer? De tanto tentar se livrar da lembrança, esqueceu que passaram-se dois anos? Por que agora quer me ver, beijar, abraçar, viver junto se for o caso? O que aconteceu? Andou por aí à procura de mulheres que não lhe dessem trabalho e constatou que só uma lhe realizava? Pois é...Mas agora “já era”. No início me afundei. Chorei. Fiz uma força danada para esquecer você. Teve o lado bom, emagreci alguns quil…

garra feminina...

...mesmo "no salto" você é capaz de mudar seu estilo de vida, superar momentos de crise e dar a volta por cima... depois é só continuar na estrada da vida... Quando você se descobre apanhada e cercada, torna-se destemida. Quando não há saída, você lança mão da coragem para resistir. Quando não há escolha, você luta com todas as suas forças. Sun Tzu (11.33) Talvez você se dê conta muito tarde que é uma mulher-guerreira. Que sabe fazer bem feito. Que tem muito mais ginga do que imagina. Que possui ferramentas importantes e que de tanto não fazer uso, estão ficando enferrujadas. Talvez o medo tenha sido seu parceiro durante anos. Embaçou as aventuras que construía em seus sonhos quando menina. Fez sobrar coisas a fazer, porque afasta você dos desafios importantes de serem vividos. Mas quando se descobre apanhada, cercada por inimigos, vivendo desilusões uma atrás da outra, cercada por gente querendo desfazer sua inteligencia, então é capaz de começar a desvendar os mistérios do …

Amiga do coração...

...se não puder dar um presente a uma amiga, ofereça o seu coração...dê as mãos ingenuamente...sorria com carinho quando ela falar bobagem...e quem já não as disse?... Quero estar na vida com o pé direito. Resvalo sim, caio outras vezes, me sinto terrível e, mesmo assim, continuo acreditando em mim.Jamais vou desistir de mim. Quero ser mais. Ter mais, mas que seja sempre dignidade.Ser amiga de coração e não por interesse, para desabafar ou só como companhia para badalação. Sou apaixonada por amigas com idéias sólidas. Que troquem. Sabem, sem eu ter que contar, que preciso delas. É isso, amizade profunda, que não termina jamais...mesmo que haja distância física. Esta não separa, nem derrota a essência de nossos corações. Que bom poder ter uma para chorar, rir, se divetir. Sabe? Tenho uma assim. Quanto tempo passou e somos dessa maneira, amigas intimas, felizes, infelizes, protagonistas de vidas que muitas vezes não atuam em cenas tão gentis conosco.Temos a diferença de idade sufi…

desabafo de uma mulher...

...dê um "basta" aos escaladores de plantão e fique mais em paz... Saí de casa. Fechei a porta com força. Sinceramente? As coisas estavam feias para mim.Não conseguia dormir há dias direito. Cada sonho, pesadelo...Acordava suando e depois de muito tempo pegava no sono, mas acordava com aquele humor de quem não tinha vontade para nada. Ficava embaixo do chuveiro e que se dane a escova progressiva. Lavava os cabelos todos os dias para me sentir limpa daquelas recordações que me faziam tremer. O corpo somente não bastava. Tinha passado anos ao lado de alguém que amorteceu minhas entranhas. Ficou ali, quieto em sua loucura, passando as responsabilidades de não dar certo qualquer coisa entre nós para mim. E eu com aquele jeito de rejeitada aceitava tudo que falava. Às vezes tinha vontade de pedir desculpas. Sei lá do que, mas pedia.Passava torpedos mil dizendo que o amava. E que sentia muito o que tinha feito. Com certeza ficava inflado de tanta bondade e idiotice também. Afin…

um toque de cultura...e reflexão...

...você quer ser uma mulher moderna, evoluída? Então para de reclamar, porque hoje temos todas as chances para vencer...é só combinar oportunidade com esforço... Sabemos o quanto fomos retraídas na sociedade para que ficássemos onde estávamos e de lá nem pensássemos em sair. Transcrevo no post alguns trechos de uma mulher que viveu seriamente essa situação. E com toda certeza se viu muitas vezes frustrada, porque tinha talento. Apenas algumas de suas reflexões.... ***"O que tenho vontade, escreve Maria Bashkirtseff, é da liberdade de passear sozinha, de ir e vir, de sentar nos bancos do Jardim das Tulherias. Eis a liberdade sem a qual não se pode tornar-se um verdadeiro artista. Acreditais que se aproveita o que se vê quando se está acompanhando ou quando, para ir ao Louvre, é preciso esperar o carro, a dama decompanhia, a família!...Eis a liberdade que falta e sem a qual não se pode chegar seriamente aser alguma coisa. O pensamento se acorrenta em consequencia desse embaraço estúpi…