Blog de ELA para ELA e de ELA para ELE

"coisa de mulher...entre outras coisas..."

Os posts abrangem comportamento como um todo, reflexões, pensamentos, poesia, trechos de textos, frases, pensamentos, avaliação de filmes, fatos, dicas de vencedores e outros valiosos momentos para o crescimento.

E nesse espaço o surpreendente pode sempre acontecer...



domingo, 26 de março de 2017

De pernas para o ar...

...Mais um domingo, que delícia...
figura reproduzida
Mais um domingo e no Outono os dias estão mais agradáveis. Domingo de sol, porém mais fresco e não aquele calor desesperador. E para começar o dia fui caminhar por aí sem planos, sem objetivos, apenas emoção. Que delícia...Vi tantos lugares lindos, pessoas felizes e pensativas, "fechadas", sorridentes, mas tentando, todas, viver o melhor para si mesmas.

Domingo é dia de rezar, agradecer, visitar amigos, ficar quieta ou quieto em casa, arrumar as gavetas físicas e emocionais e de quebra, preparar-se para uma nova semana especial que vem por aí.

Ser feliz é isso, tentar de todas as maneiras se superar e domingo tem esse gostinho de feriado, encontro, sentar em um banco e olhar a vida passar e até se emocionar porque é possível estar, ser e viver...Que bênção!
Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim

sábado, 25 de março de 2017

"Essa tal felicidade" e seus fragmentos vivos...

- Quero te dizer algo sobre a vida...

João era assim. Do nada vinha com alguma frase que me pegava de jeito.

Acenei com a cabeça dizendo sim para ele.

- Tenho visto muitas coisas pela vida, mas sentir saudade é uma das mais complicadas.

"Meu Deus" Onde João queria chegar" - pensei.

Da mesma maneira acenei com a cabeça como se concordando e dando um sim para que continuasse.

- Sair por aí afastando as pessoas não é uma das melhores coisas. Você sente falta depois de um tempo de tudo que foi vivido com elas. As histórias ficam como se perdidas e podemos sentir algo como um vazio inexplicável.

" Doeram dentro de mim aquelas palavras". 

- Difícil isso, João - falei.

- Sim, difícil é viver o depois. Sentir o nó na garganta da saudade. Sabe? O melhor a fazer é perdoar e entender os limites dos outros. Não existe meio mais provável para a felicidade do que o perdão.

Sinceramente fiquei calado. Continuamos a caminhar e com as mãos no bolso João soltava fumaça pela boca devido ao frio que fazia na cidade. Senti o silêncio tomar conta de tudo de mim, porque no fundo eu sabia e ele também, porque estávamos conversando sobre esse tema. Havia perdido meus pais em um desastre há dois anos e vinha me corroendo por dentro por não ter conversado com eles sobre algumas dúvidas. No fundo sentia a tal saudade complicada que me tirava praticamente o coração do peito em algumas noites quando deitava para tentar dormir. E enquanto João falava,  percebia que esse sentimento dissipava-se, porque eu em minha pequenez, me perdoava enquanto falava aquelas palavras.

Egoismo?
Não, apenas uma maneira de me redimir e seguir em frente, porque no arrependimento não se vive e claro, somente se vive no perdão.

Nos despedimos e fui direto a Catedral da cidade. Sentei em um de seus bancos e rezei. Chorei um pouco e como em uma confissão, senti meu peito se abrindo de novo e para uma nova meta na vida - Não guardar rancores, não perpetuar histórias doloridas e não perder tempo em ser feliz...

Por @Beth Valentim
Fragmentos de @Essa tal felicidade

Leia o livro, você vai adorar!
iTunes e Google Play entre outras livrarias.
Beijos
Beth Valentim

sexta-feira, 24 de março de 2017

Investimento na vida...Não tem jeito, é mesmo assim...

...A vida é sua, claro, saiba plantar e colher...
figura reproduzida
Tem gente que é assim, trabalha na restrição. Se você não responde a um chamado, então corre atrás. Parece jogo, mas não é, é pura estratégia se decide lidar com alguém desse tipo, até que se desarme e finalmente revele que ama você.

Dá trabalho? Ah dá, mas o que não dá trabalho...Dá trabalho ser feliz, manter um emprego estável e que pague bem, amigos, pessoas queridas da família e investir é a palavra chave da vida, porque sem ter lastro, pode acreditar, não irá poder fazer certas extravagâncias como se diz por aí. Como? Então, você resolve guardar dinheiro para uma viagem sonhada. Claro, se durante o ano for jantar fora em restaurantes caros, fizer dívidas etc, pode estar certa que aquela viagem do final do ano sairá apertada ou mesmo quando retornar a coisa pode ficar feia. Assim é no amor, qualquer amor, vive dando tudo de si, carinhos, dedicação ao extremo e coisa e tal, mexe na agenda só para encontrar a pessoa e quando é seu momento de receber, percebe que o retorno não é semelhante. Pois é, deixou de guardar um pouco para si e fica esvaziada, esvaziado. Sente-se deixada/o de lado. Sente-se frustrada/o e insegura/o. 

Bem, essa é a questão do investimento e em qualquer sentimento a coisa "rola" desse jeito. É preciso poupar em tudo que se faz para não se sentir esvaziada/o. Deixar de sair com as amigos para esperar a ligação do tal ou da tal que acabou de conhecer? Ah por favor, isso realmente é inadmissível. Você não sai e ele ou ela não telefona e depois? Perde a oportunidade de divertir-se de estar em boa companhia e o jeito é ficar em casa se lamentando e pior, depois se queixar com as amigos. Haja paciência.

Investir na vida é mesmo coisa de estrategista. Sentir que é amado ou amada então, é muito bom. Deixa frouxo um pouco mais, mas não tão frouxo que não consiga puxar a corda quando preciso. Sair de cena. Retornar. Ser atenciosa/o e ao mesmo tempo assertiva/o. Saber dizer não. Posicionar-se. 

Viver não é um mar de rosas e isso realmente não existe. Existe sim alguém militante para entender que aqui se faz, aqui se paga. Aqui se planta, aqui se colhe. Aqui se ama muito, aqui sente-se com um buraco afetivo enorme no peito...Então, invista em si mesma, vai e volte, sorria e saiba a hora da seriedade, tudo é equilíbrio e nada vaidade. Pois é, invista em sua vida.
Beijos
Beth Valentim

quinta-feira, 23 de março de 2017

Raio X do amor...

...Sim, sempre foi uma delícia e para sempre será...
figura reproduzida
Você teve um namorado que ensinou ao seu coração como viver a paixão. Sim, ele dava pulos, vivia aos trancos e barrancos e sua pele esticava e ressurgia macia como se em algum lugar entrasse e saísse linda, cheirosa, desesperadamente sedutora. Como o Raio X de amor...

Pois é, o tempo passou e tudo terminou. Não foi nada fácil. Saudade. Sonhos. Pareciam tão reais que despertava na madrugada tendo a sensação de que ao seu lado ele ali estava e como estava...Totalmente igual e loucamente apaixonado, como sempre foi.

Mais um tempo passou e quando o que parecia adormecido despertou, vocês se reencontraram. Tudo igual? Não, diferente, porém intenso, os beijos, as carícias, as delícias e todas as memórias acesas como se fosse a primeira vez.

Como isso pode acontecer?
Como alguém narra cada momento como se tivesse acabado de acontecer...
Você com perplexidade olhava aquilo tudo ali em seu corpo despejado, desenhado, sentido e mais do que apaixonado se revelando, "sim eu jamais te esqueci". Como? Pode mesmo acontecer algo assim?

Raio X de amor...

Então, acredito que algo assim aconteça somente uma vez. Essa afinidade. Encontro que parece encaixe. Nenhum beijo desperdiçado. Suor. Lágrima. Qualquer instinto, atitude, contorcimento dentro de si...É assim um encontro jamais apagado. Nada consegue, nem mesmo outro alguém consegue despejar água que apague essa chama.

Afinidades são assim, sintonia, pele que estica, arregaça e depois relaxa. Risadas. Olhares tépidos ou tórridos. Como entender certas coisas na vida, e por que teríamos que entender se é tão bom viver.

Raio X de amor...

Sinto muito, mas que cada pessoa viva sua vida como deseja. Sentimentos a flor da pele. Queridos ou não, mas que sejam únicos por toda existência, porque nas lembranças ficam tatuadas as formas de vida que resolveu usar, sentir e até chorar por elas, mas que foi bom, foi, não é? Eu tenho certeza que sim...
Beijos
Beth Valentim

quarta-feira, 22 de março de 2017

Lutar e vencer...

***Hoje , apenas o "Momento relembrando para não esquecer"...
....Feche os olhos e enxergue os grandes momentos que ainda pode viver, e siga em frente...
"Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer".
Bob Bob Marley

segunda-feira, 20 de março de 2017

Dúvida cruel...

...Sim, busque o equilíbrio e curta a vida com segurança e satisfação...
figura reproduzida
Às vezes bate aquela dúvida: " Viver ou não viver isso?" Pois é, existem situações que nos deixam mesmo sem saber como agir. Seria melhor ficar quieta ou quieto no seu canto ou viver uma aventura, por exemplo, no amor. Ah sim, claro, depende muito, porque se você sabe que vai doer, por que enfrentar mais uma vez o passado, aquela história mal escrita e por aí vai...

Saber quem você é diante das ocasiões é necessário. Talvez esteja muito melhor do que antes, mas todo cuidado é pouco. Por que? Porque nunca sabemos como vamos reagir exatamente e se quiser desafiar-se, fique alerta ao primeiro sinal de desconforto, porque é o momento de dizer não.

Isso se aplica a quase tudo na vida. Por exemplo no trabalho, você está sentindo-se estranha/o, desmotivado ou desmotivada e não sabe como agir. É o momento de não falar coisa alguma. Espere. Se recomponha. Sinta-se mais preparado/a para agir e vai ter melhores resultados. Na amizade o mesmo, família nem se fala. O melhor a fazer é adiar e deixar de estar diante de uma situação constrangedora e que pode levar sua vida a uma posição bem insatisfatória.

Dúvida cruel não é uma posição boa de viver. Aliás, não se deixe levar até esse ponto, porque será bem mais difícil do que antes.

Se deseja levar uma vida saudável e sem ser aquela pessoa que vive no "fio da navalha", faça como diz o figurino, se for para adiar, adie. Se for para calar, cale-se. Se for para recuar, recue. Porém jamais enfrente o "inimigo" de peito aberto, porque vai machucar e muitas vezes de maneira fatal
Beijos
Beth Valentim

sábado, 18 de março de 2017

Mensagens que recebi em meu aniversário, 17 de março...

Queridas e queridos agradeço todas as mensagens que recebi e peço desculpas se ainda não foi possível responder.
As privadas fica ainda mais difícil, mas vou tentar responder também.
Fiquei muito feliz com as palavras que li e a cada dia percebo que o simples nos faz tão bem e devemos cultivar. A felicidade é simples e é no pouco que identificamos o muito, nos detalhes.

Agradeço também ao Facebook por proporcionar amigos tão especiais e que mesmo não os conhecendo pessoalmente não esquecem de deixar seu carinho. A vida é assim, uma troca constante e plantar boas sementes gera um cultivo essencial a vida. Vocês são minhas sementes vizinhas, pode acreditar.
Se ainda não respondi sua mensagem, me perdoe, vou tentar encontrá-la, porque pode estar escondida entre tantas, mas não menos importante.
Mais um ano de vida, um novo tempo e a cada um deles sinto que estou mais feliz, melhor comigo mesma e sentindo que o que levamos da vida é ela própria e com seus altos e baixos, desafios e possibilidades e esperança, desejos e sonhos e determinação para lutar.
Fica aqui meu beijo carinhoso e saiba, tenha certeza, estou feliz demais com tudo que li por aqui...
Beijos e obrigada sempre...
Beth Valentim

*** Post no Facebook em agradecimento as mensagens que recebi por ocasião do meu aniversário.
Beijos
Beth Valentim

quinta-feira, 16 de março de 2017

Sintonia...Afinidades no amor, sexo e paixão...

...Pronto, e agora? O que iremos fazer daqui para frente?
figura reproduzida
Não te via há alguns anos e nós dois juntos somos os mesmos de ontem. Sim, daquele dia em que fizemos sexo com tanta paixão e depois nos despedimos. Foram anos de idas e vindas. Histórias loucas que vivemos e foi somente encontrar e todas elas vieram a tona como o borbulhar da água fervente e sem controle.

Outro sexo imponderável.
Os beijos intermináveis.
Todas as intimidades ressurgiram como se fossem as de hoje, atualizadas, corpo novo, envolucro belo, porém ainda mais forte do que jamais tiveram na cama, nos lençóis de seda, ah sei lá, eram sentimentos espalhados por todos os cantos....

Sintonia...Afinidades no amor, sexo e paixão...Terminou? Nunca! Tem coisa que jamais termina, que nunca se esvai e o reencontro é fatal.

Você tem que ir e eu também.
Temos caminhos diferentes.
Temos tudo diferente, porém como disse, " eu estou dentro de você". Como sair, como fugir, como sentir algo diferente disso tudo, se não você e eu...

Sinto suas carnes tremerem quando junto as minhas. Sinto seus beijos intermináveis desejando mais e mais e mais. Sinto a verdade em seus olhos pulsando e quase saindo do rosto para me enxergar melhor...

O que fazer se nunca nos esquecemos. O que dizer mais se tudo está dito.

Pessoas que se esbarram e não existe história que seja igual. São as tais almas gêmeas? Não sei...Mas são queridos que se precisam, necessitam de tudo um do outro e se não for possível, com certeza irão vagar por aí sem sentido, buscando talvez coisas tolas, viagens, curtição de todo tipo, mas essa sintonia...afinidades no amor, sexo e paixão, pode ter certeza, não irá acontecer jamais.
- Recadinho de um para o outro: "Vamos tentar ficar distantes, mais uma vez...Vamos seguir, mas em meu corpo te levo comigo, com certeza te levo. E agora? O que fazer"...
Beijos
Beth Valentim

quarta-feira, 15 de março de 2017

Quando um ex amor reaparece...

...Vai encontrar o ex? Aquele que despertava seu corpo de fio a pavio? Bem, que vai ser pura emoção, não tem como negar, mas segura a onda, porque é apenas o ex...Combinado?
figura reproduzida
Pois é, aquela paixão doida dá uma de doida e reaparece. Vem cheia de graça, quer almoçar ou jantar, tomar vinho, comemorar o reencontro que pode ser realmente mágico, mas todo cuidado é pouco, porque paixão é como droga, se mexer nela, desperta.

Mas como deixar de lado a curiosidade? Rever o jeito, a voz, os olhares, quem sabe até o beijo....Uuuhhhmmmm haja desafio para o coração.

Amor é mesmo danado de brincalhão e adora estar com os pés diante dos seus para que tropece, caia em seus braços e depois, sabe-se lá o que poder acontecer.

Medo?
Claro, sempre dá aquele frio na barriga, mas como explicar se o tempo não apaga a lembrança?
Perigo a vista, de certo, mas ninguém é de ferro. Porém, se for sexo, se cuide, tente blindar a alma e deixe-se levar pela liberdade de relembrar o que ainda, com certeza, é ótimo.

Sabe, o tempo passa muito rápido e será que deveríamos deixar de lado certas emoções?

Bem, é o seguinte e para deixar bem claro. Se você é dessas ou desses que de melancolia vive o coração, diga não ao encontro e desvie atenção desse tema. Agora, se for daquelas pessoas "puro desfrute", curta, porque vale a pena. Se for para "encanar" depois, por favor, sai dessa e nem se deixe levar pelas tais lembranças, porque vão ficar acesas demais. Sendo assim, está dito, o que for para alegrar, descontrair e somar a felicidade, e ponto, viva. Se não for, deixe sair por aí e escape e tome outro rumo, porque alguém que representou muito para sua vida, sempre irá ter algo de muito especial e se a fragilidade é seu forte, desmonte a cabana do parque de diversões e reerga em outro lugar onde as emoções serão menores, menos arriscadas e até menos onerosas.
Combinadíssimo, então...
Beijos
Beth Valentim

terça-feira, 14 de março de 2017

Coisa de mulher....Livro de Beth Valentim o queridinho iTunes Store...

Hoje não preciso de mais nada para ser feliz...

Posição 3 entre os 200 mais vendidos!!!!!!

Obrigada Deus e a todos que me apoiam e torcem por mim:))

Há 4 anos entre os mais vendidos!!!! iTunes Store, Apple!
Beijos
Beth Valentim

Só um recadinho...

 Sempre bom relembrar...
figura reproduzida
Apenas um recadinho....
Post no ar por Beth Valentim
Do time "Relembrando para não esquecer"
Beijos
Beth Valentim

domingo, 12 de março de 2017

De pernas para o ar...

...Mais um domingo...que delícia...
figura reproduzida
Mais um domingo...mais um dia tão bonito quando podemos transformar as horas em encontros, belezas e tudo mais. As oportunidades existem, estão aí e podemos vive-las. 

Dias lindos por aqui no Rio de Janeiro, calor, muito sol e pores do sol de cair o queixo, Sua cidade não sei como é, mas domingo é domingo em praia, parque, trilha, qualquer coisa faz bem e a meta é ser feliz

Procure amigos. Rompa com ciladas da mente e saia por aí criando um mundo diferente. Sinta-se livre para curtir a vida, porque ela te chama, convida, sente-se amiga quando você está disposta ou disposto a viver seus detalhes com o maior carinho.

Bom domingo!
Beijos
Beth Valentim

sábado, 11 de março de 2017

Um dia de fé...

...O nosso dia de fé...
figura reproduzida
Um dia de fé é um espaço onde a alma encontra a mente e faz concessões, reflexões, o balanço da vida, deixa o perdão fluir...Enfim, rezar é doar-se, sentir que a vida vale a pena e principalmente agradecer por despertar a cada dia.

Ter fé é um dom e agradeço todos os dias por estar com esse dom dentro de mim talhado, tatuado, cravado e sinceramente com certeza de que sempre vai me acompanhar.

Sair cedo para pedalar é o misto da realização e da sensação do contato com a natureza. É algo que não abro mão, quando deixo meus temores pelos cainhos e também coisas que não valem a pena. Isso também é ter fé...

Viver é uma arte e ter fé é divino. Viver sem fé entendo como impossível, porque dentro de mim existe a certeza de que Deus me ama e sem Ele não seria o que sou.

Que possamos estar unidos nessa caminhada de fé pela vida e entender que todos temos altos e baixos e, portanto, saber perdoar, seguir em frente e deixar de lado detalhes que não somam, muito pelo contrário, subtraem.

Um dia de fé é assim, algo até meio confuso, mas acredite, a alma entende o o Pai, nem se fala, Ele sabe de tudo e nos compreende como ninguém seria capaz.

Bom dia, curta a vida, perdoe, esqueça o que não lhe fez bem. Dê partida para um novo tempo e que pode durar alguns minutos, mas depois refaça o tempo, sinta-se livre de mágoas e esqueça, mas esqueça mesmo tudo o que não te faz bem.
Amém
Beijos
Beth Valentim

quarta-feira, 8 de março de 2017

Co-memorar...Lembrar juntos...

Hoje é dia de fazer "Tim Tim", mas não somente a beleza da mulher, suas qualidades físicas ou algo semelhante. Hoje é dia de lembrar, todos juntos, do que a mulher passou durante séculos. 
Frustrações.
Agressão.
Castração de todo tipo.
Sonhos massacrados.
Empobrecimento de sua vida.
Humilhação...E por aí vai.

Fomos tão pisadas, contidas, que não podemos deixar de lembrar que não foi fácil seguir em frente. Deixar para trás os dogmas, leis que eram totalmente masculinas e que não se preocupavam sequer com nossos desejos. Desejos? Mas que desejos? Sabiam eles que tínhamos desejos? Claro que não, sequer imaginavam que não éramos nós que "enviavam" o sexo do filho que iria nascer e condenadas seríamos por não conseguirmos dar um filho homem ao marido. Você sabe que é o homem que injeta um "X" ou um "Y" para gera um "XX" , mulher" ou "XY" homem. Mas de qualquer forma a mulher não tendo um sucessor, então era uma incompetente. Éramos nós a ignorantes? Será?


Sexo...como sentir orgasmo. Isso é coisa de homem, mulher não sente prazer.
Gargalhar...Ah como pode expressar tanta alegria?

Estudar.
Formar-se.
Votar.

Tantas coisas nos foram negadas e realmente não podemos deixar de comemorar = co- memorar, lembrar juntas, sim, que a vida continua e com menor força física ainda apanhamos, somos agredidas e ganhamos menos do que os homens.

Enfim, é um dia para gritar a liberdade. Vinte quatro horas para celebrar o que foi conquistado e o restante da vida para continuar com botas de combate de um lado e do outro o sapatinho de cristal. 
Princesas? Que sejamos, mas as que administram reinos.
Femininas? Sim, mas femininistas sem perder a delicadeza.

Temos um mundo a ser construído, mulher. Não se importe com o masculino. Jamais seremos como eles, vamos ter que enfrentar muitas coisas, mas podemos ser as que vão fazer desabrochar a vida, uma vida diferente, não somente parir, mas pisar firme pelas ruas e quando cansar, enfrente, porque o importante nem sempre é ganhar, mas sentir-se digna na corrida ao enfrentamento para chegar ao pódio.

Feliz Dia da Mulher!
Somos ELA, admiráveis mulheres que não se deixam levar por coisas banais, até complexas, afinal, a que alimenta um filho no ventre, só pode ser muito especial. Você não? Erga a cabeça, porque sua missão não é somente ter um filho nos braços, querida, mas a própria vida e muito bem cuidada.
Beijos
Beth Valentim
figuras reproduzidas

terça-feira, 7 de março de 2017

Livro "Coisa de mulher" na véspera do "Dia da mulher", por Beth Valentim...

Não poderia ser diferente, o livro "Coisa de mulher" está hoje na posição 5 entre os 200 mais vendidos da Apple, iTunes Store.

Queridinho das mulheres, aqui está ele. 
Obrigada a todos que me apoiam!
Beijos
Beth Valentim

Coisa de mulher 2...

E porque a mulher tem disso: Adora detalhes, ri de bobeira, se entrega ao amor como se fosse o último de sua vida. Ama estar com as amigas e blá blá blá quanta conversa, quantas histórias de morrer de rir.

Fala demais. Pensa tanto que as letras escapam da mente...Suporta dores seculares. Inventa e se reinventa. É mãe. Trabalha. Pari e se levanta para cuidar do filho assim que  sai do ventre. 
Se preocupa com a casa, família, com seu amor, sua vida, e, de quebra, esculpe o corpo para usar seus lindos vestidos, caminhar com pernas fortes, suaves, gostosas...

Feminina e forte derruba montanhas de preconceitos, invade tantos mundos, o dela o dele e se machuca, muito, mas ergue a cabeça e sente-se dona de si mesma.
Preconceitos. Agressões. Enxuga lágrimas e supera atravessando o deserto como se fosse a única mulher a conhece-lo. Sente-se nua perante a sociedade tantas vezes, mas mesmo assim se esforça, levanta, explora sua força e com as garras femininas defende-se dos adversários. 

Fortaleza. Sim, és tu mulher. 
Desafiadora. Sim, és tu mulher.
Orgulhosa de ti todos os dias agradeço por ser UMA, por ter conseguido resolver a vida. Muda-la e sentir a liberdade de maneira diferente. Apaixonar-se. Falar sobre sua alma como se fosse minha, tua. Atribuir honra as suas atitudes. Provocar. Dizer que adora sexo. Sem medo, sem timidez.  Sentir-se livre para atuar e definitivamente dizer, que bom, sou ELA.
Beijos minha querida
Parabéns por tudo que conquistou.
Não desista jamais, porque você é e sempre será o início de tudo. Fé. Força. Garra e muita purpurina fêmea, porque vale a pena ser mulher.
Beth Valentim
figuras reproduzidas

segunda-feira, 6 de março de 2017

Coisa de mulher...

...Especial carinho, especial encontro, especial desejo...
figura reproduzida
Como explicar certas coisas e me pergunto: E precisa? Olha que existem fatos que são inexplicáveis e o melhor a fazer é viver, curtir e pensar somente no presente. Muito realista ou fria? Não, mas a vida passa bem rápido e se for bom, por que não viver...

Sair por aí e esbarrar em alguém incrivelmente especial. Acontece? Pode acreditar, acontece. Gentleman. Te enche de mimos. Fala de um jeito que nem parece existir e sente emoção como se realmente não fosse verdade...Estaria eu falando sobre a mulher? Pode apostar que não. Falo sobre homens banhados no estrogênio, um ser diferente e que acolhe com carinho seu jeito, abraça, fica coladinho todo tempo, dá presentinhos que parecem tão ricos, mas são apenas um carinho mesmo e nada mais. Sabe por que? Porque sentem igual a gente, mergulham nos encontros como se fossem únicos. Beijam, Aquecem nossos ossos e a pele agradece. Elogia a orelha, os lábios e os ombros. Isso existe? Sim, existe qualquer coisa, o difícil é encontrar. No entanto, não ande por aí procurando, porque as pessoas não se procuram, elas se descobrem.

Se você já viveu algo assim e foi mágico, sinta-se uma pessoa de sorte. Não evoluiu? Que mal tem isso? Hoje tem uma história para dividir, e que história, algo lindo para lembrar e os dias mais encantadores que já viveu.

Mulher de sorte sabe aproveitar momentos assim. Dói um pouco saber que pode não ir a frente, mas deixar de viver é o mesmo que rasgar uma folha do seu diário. Verdade, talvez o diário não escrito por você, mas pelo destino. Quer mais explicação ou está bom assim?
Beijos
Beth Valentim

sexta-feira, 3 de março de 2017

Observe...

Observe e defina o que te faz feliz...
Post no ar por Beth Valentim e do time "Relembrando para não esquecer"
Beijos
Beth Valentim
figura reproduzida

ELA...Só para relembrar...

Olha que coisa mais linda...


Mais cheia de graça...

É ela menina
Que vem e que passa...
Num doce balanço
A caminho do mar...
Ah, se ela soubesse 
Que quando ela passa
O mundo inteirinho se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor

Quem resiste a uma mulher...
Ao sorriso, A alegria. Ao desejo de ser cada dia melhor. O tempero. A vida se transformando. O tudo que guarda em seu coração...
É isso, ELA, só para relembrar....Você é demais!
Beijos
Beth Valentim

quinta-feira, 2 de março de 2017

As poucas coisas que acontecem no amor e são como muitas...

...Mulher ELA...sensibilidade a flor da pele, pensamentos, sentimentos e dores...lágrimas e sorrisos...Sim, essa somos nós...
figura reproduzida
E um dia você atravessa um lugar e esbarra com alguém. Esse alguém te olha tão diferente que nem é possível existir tal luz. De seus olhos saem faíscas, mas parecem tocar devagar em cada ponto de seu corpo...Seu corpo se contrai, se alarga e se mexe e com suores chora de prazer por tudo que sente.

As poucas coisas que acontecem no amor e podem ser como muitas, sim, acredite. Algo que parecia tão distante parece implodir os ossos, a carne, desfaz a pele e o nu fica exposto como se fosse um Conto de Fadas e nada, mas nada mesmo irá conseguir apagar seu brilho.

Quando menos se espera e jura-se de pé junto que nada mais acontece, é quando as portas começam a bater, as janelas a abrirem-se e o vento da força da natureza entra como se fosse íntima. Ela te rouba o melhor sorriso. Te faz acreditar que está mais viva do que nunca. Carrega seus sonhos de um lado para o outro e de quebra, te abraça com carinho e como se fosse a primeira vez te diz: "Apaixone-se".

As poucas coisas nem sempre são poucas e as muitas também podem ser mínimas. Talvez um dia entendamos esses mistérios, mas para que saber tanto se o bom mesmo é viver o surpreendente...

Fica uma lembrança. Fica o carinho. Permanecem os delírios. 
Segue os passos gostosos e entregue-se,  porque o pouco pode ser o muito de sua vida e por que perder a oportunidade de sentir que é muito.
Beijos
Beth Valentim

quarta-feira, 1 de março de 2017

Beth Valentim em parceria com "Frases lindas de amor"...que tal...


Em março mais uma novidade e das boas.

O site " Lindas frases de amor" lendo nosso Blog se encantou com algumas frases. Ah que bom! E convidou para fazer parte do seu espaço. Um presente a mais para nossas leitoras e leitores e assim vamos perpetuando esse jeito de ser amoroso, carinhoso e gentil com as pessoas. 

Oferecer carinho é um dom, claro, dos mais difíceis, mas sempre lembro daquela frase que diz que somos responsáveis por quem cativamos, sabe muito bem qual é, quem não conhece... Pois bem, assim nos fazemos presentes na vida  das pessoas, com pequenos presentes, anotações, mimos, frases, amizade, respeito, sabedoria...Ah tantas são as coisas que podemos oferecer, não é?

Toda semana uma nova frase e você está convidada, convidado, a estar conosco, mais uma vez.
Visite o site!
Curta nossa parceria, porque é mesmo pura doação de amor...
Beijos
Beth Valentim

figura reproduzida e arte realizada por "Frases Lindas de Amor".
Aqui está o link! Visite!
lindas mensagens de amorhttps://www.lindasfrasesdeamor.org

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Coisas que acontecem...

...Voe alto, mas jamais esqueça que existem pessoas aguardando lá em baixo e o acerto de contas será fatal...
figura reproduzida
Cada pessoa age como sente que é o correto, mas mesmo assim deve responsabilizar-se por sua escolha.
Não importa se vai doer, mas no futuro verá que deve estar diante de uma situação difícil e mesmo assim terá que encarar a realidade. Na verdade, todos somos diferentes, sim, com certeza somos, mas uma coisa é certa, caráter é fundamental e não importa se portarmos as tais diferenças, ele deve estar atrelado a cada atitude, passo, palavra e principalmente quando se tem amigos. Cuidado, não os magoe tanto que não tenha mais volta e tente perdoar, mas existem coisas que realmente são bem difíceis de ultrapassar.

Pular situações difíceis é mesmo complicado. Dói. Arranha. Mas é assim a vida. Um dia da caça e outro dia do caçador. Existem pessoas que se perguntam por que acontecem certas coisas com elas, mas por que será? Lei do retorno? Aqui se faz, aqui se paga? Sinceramente isso é um mistério para mim, mas acredito em pessoas que tratam as outras com carinho, que são flexíveis, na medida certa, e que possuem amor próprio e pelos outros com a mesma intensidade.
Bem, é isso por hoje.
Beijos
Beth Valentim