Pular para o conteúdo principal

Postagens

O tempo das diferenças...

Esse é o artigo desse mês, que saiu ontem, dia 24 de setembro de 2017, na revista Bem-Estar do Jornal Diário da Região, São Paulo e eu como colunista dessa revista.
E nesse tempo onde as diferenças são tão expostas como se fossem doenças, aqui vai um texto para sua reflexão.
Beijos
Beth Valentim

Ele aqui abaixo bem grande, só mexer....

Postagens recentes

Preste atenção no que diz sua alma...

"Uma história de verdade fica marcada para sempre. Sela seu coração e faz você feliz. É tão bom entregar-se a alguém que merece você... Mas também deve aprender a escolher a quem contar o que sente. Podemos nos enganar se não prestarmos atenção no que diz nossa alma". 

Esse é um trecho de meu primeiro livro impresso, "Essa tal felicidade". Hoje ele é vendido em digital e em algumas livrarias ainda é encontrado em "papel".

O que seria uma história de verdade? Você vive uma assim ou continua "pisando em ovos" ou mesmo caminhando à margem da realidade e machucando-se demais.

Sabe? Aprendi muitas coisas em meu caminho de vida. Uma delas foi optar por olhar um pouco a mais do que o habitual para todos os lados, até para dentro de mim.

Tem dias que quase nada enxergo. Nublado. Talvez até negação da verdade. Porém algo me faz estar certa de que não posso decidir agora, quando o tempo não estiver favorável e eu a merce da maré flutuante e instável.

A escolha…

Realize...

Não se importe tanto.
Vá para o front e lute.
Sinta-se livre para escolher e não amarrado ao chão como se não tivesse vida.
Acredite!
Saia do lugar.
Vibre!
Realize.
Beijos
Beth Valentim

Não se ponha ao lado do "menos"...

Beijos Beth Valentim figura reproduzida

Deixa partir...Bein

Beijos
Beth Valentim
figura reproduzida

"Coisa de mulher" livro de Beth Valentim...Top Top Top

Hoje, 20 de setembro de 2017 o nosso livro está na posição 5 da categoria Top Saúde, Mente e Corpo, iTunes e outras livrarias. Entre 200!
Na posição 35 na Categoria geral de livro de todos os temas, sendo o 35 entre 200!

Sinceramente, fico grata a todos que torcem por mim e leram o livro e conferem que as palavras podem nos fazer muito bem e essas, escrevi com o coração.
Há mais de quatro anos na lista dos mais vendidos!
Por Beth Valentim Beijos! iTunes, Google Play, Saraiva entre outras livrarias top!!!

Solidão seria mesmo algo ruim de viver?...

Porque tudo na vida é o atravessar de pontes... Então, de uns tempos para cá tenho sentido que o estado "sozinho" é algo libertador. Ser multidão é bom, as gargalhadas veem, os olhos brilham, mas as luzes depois se apagam. Se você for visitar aquele chão no qual dançou, beijou, amou por uma noite, viveu coisas muito legais, enfim, esse lugar está vazio, sujo, e é tão diferente da realidade...

Experimentar o frescor da música, do balanço da cintura, dos pés calçados em salto agulha....Sim, é bom demais, mas às vezes é especial experimentar o querer ser só. Sem culpa. Sem o desejo inquieto de estar sempre ao lado de alguém. Sem sonhar o impossível.

De uns tempos para cá escuto meu silêncio como escuto as águas de um rio ao descerem seu leito. Quando são límpidas enxergo sua alma e assim como quando meu silêncio é verdadeiro, a sensação é de dialogar com a minha alma, não fraquejar e sim estar ali nesse lugar somente meu, a construir e construir um novo formato para o amanhã.

A sol…

Poucas palavras

Um post antigo, do time "Relembrando para não esquecer"
...Não deixe de tentar ser mais feliz a cada dia...mesmo em pequenas "doses" a vida continua, até tomar um novo formato... figuras reproduzidas Aquele dia de poucas palavras...onde a vida se esconde e a gente nem consegue ver...
Os suportes parecem ser rompidos, as estrelas se apagam, cada coisa sai do lugar...

Tem dias que não suportamos o barulho nem o silêncio e o melhor a fazer é caminhar...

Não podemos fazer com que o tempo volte, nem que o céu se torne azul claro a noite...as emoções estão ocupando um espaço onde sequer cabem, mas apertam o peito sem piedade...

Hoje não é dia de falar muito, mas de sentir cada coisa se espremendo no ventre e dando aquela dor profunda onde não podia doer...na saudade, no vazio do afeto que se escancara, no passado que ainda parece tão presente...

Ficam aqui poucas palavras, aquelas que parecem nada mas dizem muito...os sentimentos afloram quando o silêncio se destaca e deixo aqui…

Um dia de fé....

Obrigada Senhor pelo dia repleto de notícias. Acordei melhor de alguns pensamentos complexos e dei a volta por cima, mais uma vez. Dias de superação, coisas simples, mas que parecem inatingíveis. Rezei. Pedi ajuda a Deus. Vivi cada momento carregando uma sacola de pedras, no entanto, hoje despertei diferente. Era como se um novo caminho se abrisse e só tenho a agradecer.

Obrigada Pai por mais essa oportunidade.
Estava pensando que seria mais difícil e inatingível, porém escutei dentro de mim: "Mulher de pouca fé".

Pois é, quando imaginamos que a fé que possuímos é grande, não é. Como diz a Palavra, é apenas um grão de mostarda e precisamos desenvolvê-la.

Saí para caminhar e vi o sol brilhando, era como se o holofote guiando meus passos para o novo experimentar.

Sinto muito, mas sem fé, como viver?
Eu não consigo e você?

Tomara Senhor que possamos enfrentar nossos problemas com a espada da fé. Ela é mágica, milagrosa e completamente redentora, Amém.
Beijos
Beth Valentim

Apenas um recadinho...mas sobre o amor...

E se algum dia precisar de você, será poque estou com saudade e não porque me alivia de algo, dor ou qualquer outra necessidade. Amizade. Amor. Qualquer sentimento deve ser uma troca e não algo que machuca e nos preencha os "buracos".

Sinto muito, mas amar é ser leal a si mesmo e não uma dívida que se tem mutuamente.

Porque você foi muito bom para mim? Ah mas isso faz parte do relacionamento e não lhe devo a vida, lhe devo gratidão.

E se quiser ficar ao seu lado, é porque amo, preciso viver em sua companhia e não porque morreria se me faltasse...
Beijos
Beth Valentim

Não existe amor agendado...

Nem sempre é um encontro gostoso, pode ser fugaz ou mesmo leve, mas considere a hipótese de ser somente um encontro...Amor é consequência...
figura reproduzida Quantas são as pessoas que conversam comigo sobre o amor. Por aqui, em todas as mídias sociais e no consultório, nem se fala. É uma reflexão constante. "Por que será que sou tão especial e não consigo alguém" e por aí vai...São inúmeros questionamentos e não adianta, amor não é agendado, ele acontece e em qualquer lugar, qualquer tempo, qualquer idade e não se tem como prever.

Já disse por aqui que o amor é vaidoso, sim, e só faz o que quer. Ele seduz, ele "tira onda", ele se faz de morto ou mesmo deixa as pessoas sem entender coisa alguma. Pois bem, e para ilustrar  o que estiver pensando nesse momento, aqui vai: - Não procure por um amor, se ele for seu, virá ao seu encontro.
Essas palavras me vieram a mente ontem a noite e fiquei imaginando como lidar com os aplicativos que estão em alta e mesmo assim como as…

Detalhes no amor que "inflamam" o sexo...

Texto que escrevi para o "Bolsa de mulher" e adaptado para o nosso Blog.💓 Tão bom se os homens pudessem ler esse texto. Talvez entendessem um pouco de nossas “manias”, ou quem sabe nem fossem manias, mas delicadezas ou detalhes. Poderiam até caprichar mais um pouco em certas coisas que são tão banais para eles, mas tão importantes para nós. 
O romantismo que pensam ser “bobeira” e é a melhor coisa que poderiam ter para que uma mulher se sentisse amada. E sabe quanto custa? Nada, ou quase nada.A mulher, mesmo passando por tanta evolução, ainda precisa estar apaixonada para dar sentido a sua vida. Com toda a liberdade que está adquirindo com o tempo, ainda gosta dos “castelos” que constrói quando inicia uma relação, e, quando se está nela algum tempo, como “eles” – os castelos – fazem falta! 

Quando conhece um homem, esse pensamento de construir o futuro com ele é rápido como uma centelha. É capaz de imaginar a vida junto àquele homem que está ali, naquele momento lhe tocando, p…

Lute sempre...

Não se importe com coisas pequenas, comece com elas, mas pense grande.
Somos aprendizes e como sempre digo, viver é uma arte.

São dias de treino e anos de disciplina, mas vale a pena. 

Correr atrás de malfeitores é poder cair em armadilhas. Eles nos distraem e muito. Seja brando, agarre a paz e deixe de lado as bobeiras que não agregam. Quando estiver pronto, vai sentir e dar o mergulho fatal que fará com que resgate seu tesouro. 

Somos pessoas em eterna disciplina, sim, você, eu, devemos ter isso em mente. Levantando lanças, segurando espadas, porém sempre lutando mesmo que doa...
Beijos
Beth Valentim

"Coisa de mulher " livro de Beth Valentim...TOP livros pagos

E no dia 5 de setembro de 2017 o Livro "Coisa de mulher" está na posição 25 entre os 200 mais vendidos geral, na Apple, iTunes Store....  E também nesse dia está na posição 5 na Categoria Top Saúde, Mente e Corpo 
Há 4 anos e nunca saiu da lista dos mais vendidos...Feliz é pouco...

Também nos mais vendidos na Amazon, GooglePlay entre outras livrarias
Confira!
Beijos
Beth Valentim

Autora do outro BEst Seller "Essa tal felicidade e "Mequiel - O Caçador de Sonhos"; "Sempre mulher", "Amor no lago".

Autora dos seriados "Prazeres múltiplos e divididos" e "Nas lentes da Paixão"
Veja no Wattpad!

Quando alguém disser que te ama, duvide...Será?

 Amor gostoso, é amor aprendiz... Quando alguém disser que te ama, duvide. Quando alguém provar que te ama, valorize. 
E certa vez fiquei a refletir sobre essa frase e cheguei a conclusão que está correta.

Dizer "Te amo" é fácil. Amar amando é difícil. Envolve tantas coisas, não é mesmo?

Envolve respeito. Trocas. Sensibilidades. Perdão. Conhecimento. Crescimento pessoal....E por aí vão tantos outros sentimentos que essa página não suportaria.

Suportaria...Me veio essa palavra agora e com força. É mesmo suportar o cotidiano, levantar todos os dias ao lado de uma pessoa e no fundo querendo ficar só. Sentir que daqui para frente tudo será junto, estarão juntos e nada fácil deixar de lado o egoismo.

Amar é sobretudo ser humilde. Ter compaixão. Viver em eterna paciência e complacência com os erros alheio.

Nada fácil. Melhor seria ficar só e curtir o mundo, mas tem lá seus dissabores. Viver e dividir a vida é algo diferenciado e dividir é mesmo uma dádiva. Dividir o alimento. Dividir a a…